A NOVA SITUAÇÃO DA PRODUÇÃO INDUSTRIAL NO MUNDO E NO PAIS

      Quero chamar a atenção para este fórum da recomposição da indústria brasileira com relação à questão da industrialização na atualidade, uma informação relevante, chave, para entender e encaminhar estratégias de produção e financeiras, diante desta nova "estrutura" produtiva mundial.

   Penso que dá se possa passar a uma análise, que deve ser divulgada, da situação para evitar análises defasadas. Se é isto o que ocorre, agora, na produção industrial no mundo, nós fazemos parte do mesmo sistema. Conhecer isto e analisar e poder discutir só traz melhoria e participação construtiva, além de crítica. Ver as oportunidades neste sistema, de modo a manter as estratégias de crescientos e política social de uma estado democrático e de direito, pois afeta a ordem legal, que é decidida pelo congresso e motivado pelo executivo e outros interessados, inclusive a sociedade.

          Parabéns pelo tema, assunto, questão escolhida para Forum, debate, e que os frutos dessa inventiva cheguem a nós na forma de bons estudos e análises. 

Sig 24.6.15

Exibições: 188

Comentário de SIEGFRIED FUCHS em 24 junho 2015 às 16:24

Na globalização (!) isto é o que há de novo. Mostra o que de novo está ocorrendo de fato na era da globalização ainda dentro da crise, sua 1a crise mundial. Isso, a meu ver,  muda tudo e abre a  estratégias para a economia, a política e a sociedade! É crucial.  Pois o encaminhamento disto ditará e é o que levará à saida da crise e às ações políticas e sociais relevantes. Esperava por algo assim, o desenvolvimento, o desenrolar, de estratégias para o progresso e o futuro.

Comentário de SIEGFRIED FUCHS em 24 junho 2015 às 16:26

A participação da indústria na composição do PIB (Produto Interno Bruto, ou seja a soma de todas as riquezas produzidas em uma determinada região) vem caindo em vários países no mundo. No Brasil passou de 25%, na década de 1980, para 13% hoje, enquanto nos Estados Unidos de 25% para 12%, e na Europa de 30% para 13%. Alguns especialistas analisam que esse fenômeno ocorre pelo aumento do consumo de mais serviços e queda no consumo de produtos manufaturados. Mas, diferentemente da Europa e Estados Unidos, o Brasil é ainda um país em desenvolvimento e economistas sugerem que a desindustrialização brasileira pode ser precoce. Para analisar essa questão, a Agência Dinheiro Vivo realizará, dia 30 de junho, em São Paulo, o 60º Fórum Brasilianas.org com a participação de economistas e pesquisadores, dentre eles o ex-ministro da Integração Nacional e atual Presidente da Transnordestina, Ciro Gomes, e a professora do Departamento de Economia da FEA-USP, Laura Carvalho, que colaborou na organização do mais recente livro acadêmico sobre o tema, ao lado de Nelson Barbosa e de outros docentes da FGV, chamado Indústria e Desenvolvimento Produtivo no Brasil, Ed Elsevier.  Veja a programação à seguir e se inscreva.

60º Fórum de Debates Brasilianas - Os desafios para a recomposição do sistema industrial brasileiro
Comentário de SIEGFRIED FUCHS em 24 junho 2015 às 16:29

Postei a chamada para colocar o ponto que me baseei. 

Comentário de hanah jones em 25 junho 2015 às 7:13

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2021   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço