Blog EntreMentes

No verão de 1892, Francis Bellamy escreveu o "Pledge of Allegiance", no qual continha a "Saudação à Bandeira" a ser feita pelos alunos das escolas estadunidenses no "Columbus Day". Inspirado em Bellamy, James Upham, um líder de organizações patrióticas, reuniu adultos para a primeira recitação desse juramento em uma cerimônia de hasteamento da bandeira, em 25 de abril de 1893.
Como era feita a saudação Bellamy:


A um sinal do diretor da escola, os alunos, em ordenadas fileiras, com os braços pendidos ao lado do corpo, olhavam para a bandeira. Outro sinal era dado. Cada aluno, então, fazia uma saudação militar com a mão direita levantada, com a palma para baixo, a uma linha ao nível da  testa e próxima a ela. A uníssono, todos repetiam, devagar: "Eu prometo a fidelidade à minha bandeira e à República que ela representa, uma nação indivisível, com liberdade e justiça para todos." Por ocasião das palavras, "à minha bandeira", o braço era graciosamente estendido, com a palma da mão voltada para a bandeira, e permanecia neste gesto até o final da afirmação, quando então todos os braços caíam imediatamente ao lado do corpo.

Isso funcionou muito bem até 1920, quando os fascistas italianos e, em seguida, os nazistas alemães adotaram uma saudação do tipo. Sem alarde, coube ao Congresso, em 1942, mudar o gesto do braço estendido para o da mão sobre o coração.

Exibições: 207

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2021   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço