Agência Xeque: checagem do Estadão cria um fakenews em favor de João Doria Jr

É curiosa a checagem do Estadão sobre um meme que circula na Internet, comparando o governador mineiro Romeu Zema ao paulista João Dória Jr.

O título da matéria é conclusivo: “Meme usa dados falsos para promover Romeu Zema e faz comparação imp...”.

O meme contém duas informações a serem checadas.

A primeira, comparando preços de respiradores adquiridos por Minas e São Paulo. A segunda, comparando dados de população e mortalidade.

Os respiradores

Em relação aos respiradores, o meme diz que Minas Gerais pagou R$ 25 mil por cada respirador, contra R$ 224 mil de São Paulo.

O serviço de checagem do Estadão usa uma linguagem curiosa.

“O governo paulista contratou a compra de 1.280 aparelhos fabricados na China pelo preço total de R$ 234.847.094,00. Foram comprados dois modelos de aparelho:

  • Aparelho de anestesia marca COMEN, modelo AX-400: 360 unidades, cada uma pelo preço de R$ 106.884,00. O contrato destaca que, embora seja inicialmente voltado para “atender pacientes no centro cirúrgico”, pode ser usado para “assistência ventilatória invasiva para tratamento de patologias pulmonares agudas”.
  • Ventilador marca ETERNITY, modelo SH300:  920 unidades, cada uma pelo preço de R$ 213.429,88”.

O que faltou aí? Faltou tudo. Primeiro, uma confusão iindesculpável entre mil e milhão. Se o valor total foi de R$ 234,8 milhões, é impossível que tivesse pago R$ 106,8 mil por um lote e R$ 213,4 mil por outro. O segundo pecado mortal foi não ter colocado o preço unitário dos aparelhos - que era justamente a informação a ser checada. Limta-se a colocar o valor total pago e o número de aparelhos adquiridos. Se colocasse os valores unitários, a tese do Estadão Verifica não se sustentaria.

Na compra geral de Sâo Paulo, o preço médio de cada unidade foi de R$ 183.474,00.

No caso do modelo AX-400, o preço unitário foi d e R$ 296.900,00, mais do que o que constava do meme.

Para o modelo SH300, o preço unitário foi de R$ 231.989,00, portanto mais ainda do que constava no meme.

No caso dos ventiladores adquiridos por Minas Gerais, segundo a checagem o preço médio foi de R$ 70 mil para um modelo e de R$ 25 mil para outro.

Ou seja, pelo levantamento do Estadão Verifica, em relação aos preços o meme estava certo. Pode ser que sejam equipamentos de características e qualidades diferentes, para justificar o diferencial de preços. Mas a checagem para por aí.

Portanto, o Estadão Verifica criou um fake news com informações corretas (aquelas referentes aos ventiladores) veiculadas em um meme.

Exibições: 435

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2021   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço