Mário,tudo bem contigo ?

 Eu lhe enviei seis e-mails que voltaram.Um conhecido nosso me disse que você está morando em Nova York há 4 anos,trabalhando em uma agência publicitária,ganhando bem.

 Resolvi então enviar uma carta tradicional,via ECT,para casa de seus pais e espero que eles a repassem para você.

 Mário,nós não nos falamos há 6 anos,é a vida,cada um tomou seu rumo.

 Meu caro,no final de 2014 perdi meu emprego em um hebdomadário do DF, que fechou as portas.Como eu só tinha dois anos trabalhando naquela publicação o FGTS foi pouco.Vida de jornalista independente é assim mesmo,bem que você me disse para fazer pós,mestrado e doutorado e trabalhar na mídia grande,dar aulas e,claro,aprender inglês e espanhol.Não segui o seu conselho e achei que teria relativo sucesso na mídia alternativa e êxito como roteirista,dramaturgo e poeta.

 Mário,eu morava,como você sabe, desde 2010 em um quarto e sala alugado na asa sul,Plano Piloto do DF,levava uma vida simples e digna,morando sozinho,depois de separar-me da minha esposa,e tendo toda a liberdade possível que um ser humano deve ter.Pois bem,Mário,depois da demissão,em dezembro de 2014 achei que na virada para 2015 eu conseguiria me reinserir no mercado.Ledo engano,Mário !

 Em março de 2015,para não mexer tanto no dinheiro da rescisão e para honrar o pagamento do aluguel e do condomínio,comecei a vender pertences que muito estimava.Vendi as coleções de Eça e de Machado de Assis;os quinhentos discos de vinil que herdara do meu pai e fitas cassetes raríssimas gravadas durante a minha passagem pela rádio Mec,no Rio.Ainda por cima,você não deve se lembrar,tinha que continuar a ajudar a uma amiga que vive de depressão crônica e vive afastada do seu local de trabalho.A minha ajuda sempre foi ouvi-la,levá-la ao médico,comprar seus remédios e seus cigarros.Tive que omitir a esta amiga que perdera meu emprego,se não ela iria pirar de vez.

 Mário,em abril e maio tive que vender a TV que comprei em 2012,o sofá pouco usado e uma coleção de Mario Quintana.Mario,eu estava irremediavelmente fodido ! Além disso,das dezenas de amigos que construí em 17 anos de Brasília me restaram apenas três. É foda,Mario !

 O meu contrato de locação no apartamento findava em 16 de julho,estava em um beco sem saída.Para onde eu iria,Mario ? ! Eu me perguntava a cada manhã,a cada noite.

 Um amigo,desses três que me restaram,consternado com a minha situação ,me ofereceu um quarto em sua casa até que eu refizesse a minha vida.Aceitei,constrangido.Ele,a esposa e os cinco filhos moram em lugar afastado do Plano Piloto,na área rural do DF.E lá fui eu,Mario !

 Sim,Mario,antes da mudança vendi a geladeira comprada em 2013,o micro-ondas e dei para este amigo que iria me acolher pratos,talheres,panelas e travessas.Levei comigo apenas roupas,meu aparelho de DVD chinês,os meus discos de DVD,livros,uma TV Gradiente, o meu lep top e minhas roupas.

 Mário,já estou aqui há 1 ano e cinco meses e até agora nada de emprego.Neste ínterim tive que entrar em contato com os tios de minha amiga deprimida ,que a levaram de volta para São Paulo,ela chorou quando eu lhe disse que eu não podia mais cuidar dela.Fazer o quê,Mario ?

 Mario,minha preocupação reside no tempo de validade em que me encontro na casa desta família.Tenho a impressão,Mario,que já me olham com aquela indagação : Até quando este cara ficará aqui !

 Mário,meu dinheiro só não acabou porque meu Tio,que mora no Rio,me ajudava mensalmente com quinhentos reais,mas ele veio a falecer no dia 27 de outubro,depois de três meses internado.Agora estou mais ferrado ainda,Mário !

 Para você ter uma ideia,Mario,tentei emprego em vários ramos do sistema: operador de telemarketing,vendedor pracista,balconista,acompanhante de idosos,zelador de prédios,etc e tal.

 Mario,tá uma merda esta crise ! 

 Pensei,Mario,em dar uns golpes,muitos dão golpes.Por que eu não posso dar um golpe ? Faço parte do sistema,não é isso ,meu caro? Mas nem para golpista eu tenho vocação e desisti da ideia.

 Mário,mal durmo,vivo elucubrando uma saída eficaz;parei com os execícios físicos que eu fazia há anos e mesmo assim não engordei porque vivo perambulando atrás de um trampo,como se diz no populacho.

 Mario,vou encerrando por aqui este longo relato,nem sei se você irá lê-lo.

 Um abraço.

 PS.Se houver erros de digitação é porque uma das lentes dos meus óculos está bem arranhada,perdi a receita na mudança e pagar um oftalmologista está caríssimo.

Exibições: 109

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2021   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço