CARTUNISTAS - LIBERDADE - COMUNISMO - INTERVENÇÃO

RELAÇÃO ENTRE –

 

-    CARTUNISTAS

-    LIBERDADE DE EXPRESSÃO

-    PODER COMUNISMO - PNHD3

-    INTERVENÇÃO CONSTITUCIONAL MILITAR.

Façamos uma REFLEXÃO sobre o que aconteceu em Paris – França, as reações em todos os continentes e o que está por vir no Brasil no que tange a Liberdade de Expressão por mais radical que seja ela.

 

O que tem a ver com a INTERVENÇÃO CONSTITUCIONAL?

- LIBERDADE DE EXPRESSÃO E A DEMOCRACIA NO MUNDO.

(artigo 19 da Declaração Universal dos Direitos Humanos, 1948).

A "liberdade para transmitir informações e ideias por quaisquer meios Independentemente de fronteiras". A liberdade de expressão, sobretudo sobre política e questões públicas é o suporte vital de qualquer democracia. Os governos democráticos não controlam o conteúdo da maior parte dos discursos escritos ou verbais.

 

 

- Por isso nossa vigilância até que a INTERVENÇÃO CONSTITUCIONAL seja aplicada, pois esse governo não respeita o que está na Declaração Universal.

 

 

No Brasil - Constituição Brasileira.

 

 

Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:

IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença;

Art. 220. A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo não sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição.

§ 1º - Nenhuma lei conterá dispositivo que possa constituir embaraço à plena liberdade de informação jornalística em qualquer veículo de comunicação social, observado o disposto no art. 5º, IV, V, X, XIII e XIV.

 

 

- Por isso nossa vigilância até que a INTERVENÇÃO CONSTITUCIONAL seja aplicada, pois esse governo não respeita o que está na Carta Magna brasileira.

 

 

COMUNISMO – PETISTA e toda a esquerda que assina o Foro de São Paulo – PNDH3. PNHD3 – Além de ser totalitário, radical e ditatorial é completamente INCONSTITUCIONAL.

 

 

Vejamos: Na diretriz 22: “Dá a garantia do direito à comunicação democrática e ao acesso à informação para consolidação de uma cultura de Direitos Humanos”

 

 

Direitos Humanos dentro de sua cartilha o que eles querem expressar é que as ações incluem além da possibilidade de serem aplicadas multas e outras penalidades administrativas, chegando até a suspensão de programações e por fim a cassação de serviços de rádio, televisão, concedidos, onde o censor ache por prerrogativa dele que contrarie aos Direitos Humanos na ótica do governo.

 

 

Por isso nossa vigilância até que a INTERVENÇÃO CONSTITUCIONAL seja aplicada, pois está totalmente contrário o que rege a Carta Magna brasileira.

 

 

Para eles não existe Democracia de fato, o que existe na cabeça deles socialistas comunistas são suas interpretações de isolados grupos de Direitos Humanos, pois primam em classificar esses direitos, e todos os nossos direitos constitucionais caem por terra abaixo, nesses isolados grupos são diferenciadas em classes, atividade profissional, preconceito sexual e racial, religião, modismos, riqueza e o que eles mais cultuam é a pobreza infinita até mesmo em seu nascimento.

 

 

Então vejamos o oposto que acontece nos principais países em liberdade expressão:

O princípio da liberdade de expressão deve ser protegido pela constituição de uma democracia, impedindo os ramos legislativo e executivo do governo de impor a censura.

Quer mais argumentos para uma INTERVENÇÃO CONSTITUCIONAL?

 

 

O que aconteceu em Paris?

 

 

Os protestos dentro de uma democracia servem para testar essa mesma dita democracia, assim o direito à reunião pacífica é essencial, e desempenha um papel fundamental na facilitação do uso da liberdade de expressão, (é o que temos feito nas manifestações de rua) mesmo que elas venham ser polêmicas e estando em profundo desacordo com os que são atingidos universalmente, esse é o desafio que aconteceu em Paris, e em que o nosso país está atravessando em uma não aceitação de uma liberdade de um povo com a implantação do PNDH3 que a nossa população está ficando esclarecida, e política é um dever de todos os cidadãos, pelo menos estarem informados, onde à intimidação ou à subversão é um ato abominável, e é o que esse governo está fazendo.

 

 

Em tudo em que esse atual governo articula é inconstitucional.

 

 

Nós intervencionistas somos contra a xenofobia, porque em nosso país de norte a sul somos um povo de pura miscigenação, recebemos pessoas de todas as partes do mundo e muito bem, essas pessoas fizeram famílias, famílias sofredoras, trabalharam na terra, no comércio e em tantas outras funções onde o capitalismo que sempre imperou em nosso país deu dignidade para eles e riqueza à nossa nação, mas não aceitamos é que esse governo maquiavélico não está com boas intenções com esse povo maravilhoso e miscigenado, abriram fronteiras para receber os programados: haitianos, árabes, africanos, bolivianos, onde com certeza estão pisando em nosso solo sagrado para sangrar caso esse maldito partido for ameaçado, e isso é que nos faz sofrer, como estamos sofrendo com a atitude do jornal Charlie Hebdo, na pura democracia confunde liberdade com libertinagem onde queremos é a regra básica da convivência e sobrevivência do respeitar para ser respeitado e é o que esse governo não faz como brasileiro ou com quem adotou esse país para ajudar a fazê-lo crescer, além de não respeitar é cruel e terrorista.

 

 

Por isso nossa vigilância, até que a INTERVENÇÃO CONSTITUCIONAL seja aplicada, pois em cada cartunista à bala nos atingiu, agora quando acontecer com o povo brasileiro a contagem será bem maior.

 

 

Por isso que temos a convicção que haverá a INTERVENÇÃO CONSTITUCIONAL.

 

 

Primeiro: -Pelo o que foi dito acima:

 

 

Segundo: - Porque esse governo não merece mais credibilidade em todos os aspectos, em suas éticas e de gestão de governo.

 

 

Terceiro: - O governo perdeu as rédeas, mesmo a presidente dizendo que ela não admite corrupção, que há necessidade de punir os corruptos e os corruptores.

 

 

Então:

 

 

Nesses discursos, ela mesma se incrimina, diz o Almirante Mário César Flores, pois a Comissão Nacional da Verdade responsabilizou integralmente Lula e a atual presidente Dilma por toda a roubalheira da Petrobras, porquanto a Comissão Nacional da Verdade em seu relatório responsabilizou todos os ex-presidentes do regime militar por serem os mais altos postos dentro do comando da pátria, pois nesses critérios da Comissão, Lula e Dilma como presidentes da Re¬pública são culpados, com o agravante de Dilma ter ocupado a presidência do conselho de administração da Petrobras, e têm Lula e Dilma como responsáveis “político-administrativos”, como presidentes. Se na Petrobras eles são responsáveis imaginem quando abrirem a caixa preta do BNDES, onde os contratos com os países da América Latina foram feitos em segredo de Estado? Não é só inconstitucional, imoral, como também é uma ação de Lesa Pátria. - Como disse um tal advogado: “Se em pequenas prefeituras há corrupção para assentar paralelepípedos nas ruas”, então para construção de portos, rodovias e aeroportos em Cuba, pontes e metrôs na Venezuela e outras tantas obras em outros países, supomos qual foi a porcentagem que ambos os presidentes tiveram? Lembrando que tudo isso é inconstitucional.

 

 

Quarto: Hoje não há como fazer plebiscitos de qualquer ordem, pois sabemos que seriam tendenciosos e bolivarianos.

 

 

Quinto: Afirmamos que a Intervenção acontecerá assim que os processos dessas corrupções em andamento forem anunciados os culpados e quando chegar nos nomes dos tubarões e baleia assassina, o povo saíra sim às ruas, independente de quem é o Ministro da Defesa ou quem assumiu os novos cargos nas Forças Armadas, digo, não citem nome do General “A” ou “B”.

 

 

O que o povo tem que entender, é que o PODER ESTÁ EM NOSSAS MÃOS, e a INTERVENÇÃO acontecerá EMANADA DO POVO, e não dos militares tomarem o poder de uma forma fantasiosa pelos intervencionistas, principalmente dos descrentes e que ficam falando asneiras.

 

 

A sociedade brasileira está amadurecendo com o passado e o presente, e assim ficaremos vigilantes com o executivo, legislativo e judiciário que não acreditam que o povo mais as Forças Armadas deporão todos.

 

 

Dessa forma, tudo está por vir de ruim para perpetrarem no poder, conforme aconteceu na Venezuela, Bolívia, com os famosos decretos, plebiscitos que não ‘colam’ mais para nós, os informados, que no nosso entendimento é bolivariano mesmo, assassinos enrustidos dos cidadãos brasileiros e a corrupção que está desencadeada e assustadora. Fiquem atentos porque eles irão errar feio e nós teremos que manifestar com rigor.

 

 

Chamamos a atenção:

 

 

1- Depois desses assassinatos em Paris o Sr. João Pedro Stédile, líder do MST, em conjunto com as FARC, pensarão duas vezes os seus propósitos quando o povo sair às ruas com as denuncias onde os mandatários estiverem incluídos nessa supostas obras, pois o mundo está acompanhando os nossos destinos, mas sabemos que eles infiltrados nos movimentos sociais, são tão, ou mais terroristas do que os que atiraram nos jornalistas, e a policial morta na calçada, mesmo assim farão alguma tomada de ações e as Forças Armadas entrarão em cena, pois não deixando o seu povo deitarem em sangue nesse solo, e dessa forma que tenho convicção que haverá uma INTERVENÇÃO CONSTITUCIONAL, tudo dentro da Lei e não um golpe militar como ditam os que têm medo, e rechaçam e humilham os militares.

 

 

2 - Para que aconteça a real INTERVENÇÃO MILITAR CONSTITUCIONAL será preciso que a sociedade brasileira em todos os cantos desse país, saiam as ruas aclamando Intervenção Constitucional Militar, e para limpar toda a caixa de maçãs contaminadas por algumas frutas podres, que são seus lideres e todos os executivos no poder, no Congresso Nacional, e principalmente no Tribunal Superior de Justiça.

 

 

- Não pediremos mais EDUCAÇÃO, já provaram que NÃO SÃO EDUCADOS.

 

 

- Não pediremos mais SAÚDE, já provaram que SÃO DOENTES MENTAIS.

 

 

- Não pediremos mais SEGURANÇA, já provaram que SÃO PERIGOSOS.

 

 

- Não pediremos IMPEACHMENT, pois NÃO QUEREMOS FEZES, queremos limpar a latrina em todos os ambientes e fazer um país promissor com ORDEM E PROGRESSO.

 

 

PEDIREMOS INTERVENÇÃO MILITAR – SOCORRO FORÇAS ARMADAS.

 

 

Hoje já sabemos que há mais de cento e trinta generais que se manifestaram publicamente contra a presidente Dilma Rousseff, e eles têm mostrando que há gente disposta a lutar pela verdadeira democracia.

 

 

A mídia, com muito medo de que a questão, que já é grave, alcance proporções estratosféricas, depois de vários anos se mantém calada sobre essas demandas, mas com os acontecimentos em Paris irão pensar em muito nas divulgações dos erros desse governo com seus decretos, processos na Policia Federal.

 

 

Com essas reflexões, não só nossas, mas em todo o canto do mundo em relação aos terroristas que não aceitaram a liberdade de expressão, da mesma forma que nós cartunistas brasileiros que somos, pois manifestamos os nossos direitos constitucionais que não mataram os profissionais franceses, mas cada um de nós que quer essa liberdade plena e total. Como respeitar um governo que quer impor o terror em nosso país com decretos inconstitucionais como por exemplo, o PNDH3, e outros que afrontam a liberdade de expressão em não querer um estado laico com predominância de cristãos onde serão perseguidos, do não respeito com a família em seu estado heterossexual que produz a família, respeitando o ser humano homossexual o qual ele(a) em sua individualidade faça o que quiser com o seu corpo sem escândalos como quer Jean Willys e Marta Suplici, o não respeito a vida, com aborto, a ilegitimidade da propriedade com invasões criminosas, e pior, sem que nossos filhos e netos sejam educados e não orientados para um mundo imundo cultuando o homossexualismo.

 

 

Como seremos servidor da pátria, sem medo dessas insanas investidas de uma sociedade ideológicas querendo a implantação de um sistema, que em outros países e continentes é um conceito falido e escravizado, com diálogo eles não querem consertar, e nós queremos sim como eles estão fazendo democraticamente e dentro de leis perniciosas, só que a nossa missão é amparada pela Constituição e para o bem, e assim a nossa última esperança está depositada nos heróis que são as Forças Armadas, temos a convicção que teremos uma INTERVENÇÃO CONSTITUCIONAL MILITAR.

 

 

Que Deus abençoe todo o homem de boa vontade e essa Nação que tanto amamos.

 

 

Paulo VILLAS-BÔAS.

Presidente da

Expedição e Fundação VILLAS-BÔAS

 

https://www.youtube.com/watch?v=g1hE6il3Seo

Exibições: 325

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2022   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço