Philip Oltermann, de Berlim


Comer pipoca no cinema pode ser irritante, e não apenas para os colegas cinéfilos. Pode irritar também os anunciantes.


Um grupo de pesquisadores da Universidade de Colônia, Alemanha, concluiu que mastigar nos torna imunes à publicidade no cinema.
A razão pela qual os anúncios conseguem fixar em nossos cérebros o nome de um produto é que nossas bocas simulam, automaticamente, a pronúncia desse nome quando o ouvimos pela primeira vez. E, toda vez que reencontra o nome, a boca, inconscientemente, torna a praticar sua pronúncia.
De acordo com um estudo publicado no Journal of Consumer Psychology, esse "discurso interior" pode ser perturbado pelo ato da mastigação.

Siga lendo o artigo em Psychology, The Guardian

A história da pipoca no cinema, Uma economia de pipocas e O Popinator

Exibições: 88

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2020   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço