Passou-se pouco mais de um mes da eleição da primeira mulher presidente no Brasil e continuamos discutindo o fato, continuamos a falar do assunto, damos “pitacos” sobre seu ministério, seja por apoiarmos ou nos opormos às suas escolhas.

Uma pesquisa feita pela Vox Populi feita no final de novembro revela alguns dados bastante diferenciados e até surprendentes. Um dos aspectos mais relevantes avalia a imagem de Dilma em cinco aspectos: Sinceridade, Preocupação com os mais pobres, Ter boas propostas para o País, Liderança e Preparo.

No ítem sinceridade, 59% responderam que a nova presidente estava sendo sincera no que afirmava durante a campanha.O que nos remete a pensar que as tentativas da oposição em desacreditar a candidata não funcionaram.E esse ítem ( o da sinceridade) foi a pior avaliação dos cinco ítems. Nos outros quatro – Preocupação com os mais pobres, Boas propostas para o País, Liderança e Preparo – a aprovação chega a 67%.

Ou seja, menos de 1/4 de todos os eleitores – e isso inclui eleitores do candidato do PSDB que chegou à 41% do total de votos válidos – avaliaram negativamente a nova presidente. Trocando em miúdos: mais da metade dos eleitores de Serra consideram Dilma uma boa opção para administrar o país e acredita que fará um bom governo. Significa dizer que votaram contra o que realmente pensavam ou foram influenciados a pensar negativamente na época da eleição.Tirem as suas conclusões…

Dito isso, conclui-se que muito mais da metade da população do país está torcendo por Dilma, aguardando seu governo com otimismo em todas as áreas, torcendo por um bom governo e acreditando que ela será capaz de fazê-lo.

No aspecto da política internacional, também ocorre uma onda de otimismo e confiança: 61% (quase dois terços) dos entrevistados acredita que, num futuro imediato, o país verá sua importância aumentada no cenário mundial, mesmo sem a presença do carisma inegável de Lula.

Esses números nos dizem que, diferentemente do que acreditava a oposição, o seu tamanho e importância foi “inflado” durante a campanha, por veiculação de denúncias e calúnias durante o horário eleitoral e fora dele na “grande mídia”, porém não resistiu à pouco mais de um mes sem ela. Do total “oposicionista” de 41%,votos obtidos por Serra, sobraram apenas 20% de oposicionistas “reais”

Como na comparação feita no início, passado o jogo da final – a eleição – as bandeiras de cada lado da disputa são guardadas nos armários até o próximo embate.

E a vida segue, com cada um pensando em como será a sua vida, e como a nova administração poderá influienciar o seu dia-a-dia. E não custa nada torcer…torcer para que seja um ótimo governo! Assim como torcemos para que nosso time faça melhor na próxima temporada e continuamos a falar sobre o assunto na roda de amigos…

Exibições: 120

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2022   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço