Caros,o deputado Natan Donadon,preso na Papuda(DF),após ser julgado pelo STF por vários crimes,dentre eles formação da quadrilha,não teve seu mandato cassado pela Câmara Federal nesta última quarta-feira.Eram necessário 257 votos,metade do total de deputados mais 1 voto,o que não aconteceu.Além das abstenções houve várias ausências,algumas justificadas pelos "briosos" parlamentares.

 Heuber Cruvinel(PSD-GO),baixo clero,foi a um velório;Sérgio Guerra(PSDB-PE,ex.presidente dessa legenda,estava em Sampa reunido com lideranças do partido para fortalecer a candidatura de Aécio à presidência da república;Beto Albuquerque(PSB-RS) deu o ar da sua graça na Jornada Nacional de Literatura em Passo Fundo,sua base eleitoral;Alexandre Rosso(PSB-RS) por estar em um Congresso sobre obesidade na Turquia,logo ele que está acima do peso; Alice Portugal(PC do B) faltou por estar em viagem à China,representando a casa em missão especial desconhecida,talvez reunindo-se com seus amiguinhos do Politburo do PCCH e Marcos Feliciano(PSC-SP) se ausentou em função de sua viagem aos EUA,talvez para discutir a Cura Gay com os republicanos.Feliciano permaneceu na casa até as 19hs e 30  e as 20 hs,quando começou teve início a votação,já estava no aeroporto JK para embarcar para os States.

  O PT teve 21 ausentes,10 alegaram problemas de saúde ! Genuíno(PT-SP) realmente sofreu intervenção cirúrgica no coração e ainda não recebeu alta,segundo seus acessores,os outros 9 não apresentaram atestado médico.Vicentinho(PT-SP) justificou sua ausência em  função de sua partipação na organização na festa de 30 anos da CUT.Tá legal !

 Romário(sem partido) operou a coluna logo no dia da votação.

 Houve um grande ACORDÃO para manter o mandato do presidiário Donadon,está claro !

 O voto secreto é um escárnio.Voto secreto que foi questionado pelas grandes manifestações populares de junho.

 A demanda de junho propos o fim do voto secreto,fim da pensão especial dos deputados,revogabilidade do mandato,a durabilidade do mandato para apenas 8 anos,redução drástica dos salários dos parlamentares,fim do senado,fim do voto obrigatório para todos os cidadãos.

 A reforminha política,encabeçada pelo deputado baleia Vacarezza(PT-SP),é uma afronta as demandas populares de junho.

Exibições: 61

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço