O apoio de alguns setores da Igreja Católica ao candidato José Serra, uma vez que, ao dizer para não votar no PT, segue-se que, necessariamente os eleitores devem votar no PSDB, pode estar com os dias contados e já tem um derrotado: a Igreja Católica. Digo isso, justamente pelo fato de que em todos os momentos nos quais a Igreja Católica se envolveu diretamente com a política, ela foi sempre a maior derrotada. Suponhamos que o candidato José Serra consiga vencer as eleições. Imaginemos o seguinte, em março do ano de 2011 teremos carnaval e, como sempre, o ministério da saúde irá promover a campanha pró-camisinha. Neste caso, como fica a situação desses setores da Igreja que apoiaram José Serra? E ainda, caso aconteça uma aprovação pelo congresso do união entre pessoas do mesmo sexo? Partindo dessas premissas, concluo que esses bispos têm muito a perder ao declarar apoio ao candidato "A" ou "B".

Exibições: 51

Comentário de Luis Lopes da Silva em 14 outubro 2010 às 4:15
Olá Emerson, boa sua análise. A Igreja perde, ela sabe disso. São posições isoladas, dentro da Igreja, que manifesta essa oposição. No entanto, o que nos assuta é que existem milhares de fiéis que segue a risca o que o padre ou bispo fala. Não se esqueça que a Ala dos Carismáticos, dentro da Igreja Católica, existe para cumprir obediência e manipular as mentes estáticas.

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2022   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço