Está no site INSTITUTO BRASIL VERDADE um artigo atribuído ao prof. Wagner Valenti – Departamento de Biologia da USP – no qual o biólogo faz considerações pouco honrosas ao senhor Lula da Silva. Entre as agressões dirigidas ao presidente diz ele: 1) “Ele pensa que chegou a presidente pela competência, mas foi por uma junção entre sua persistência malufiana e o ‘mudancismo’ do eleitor, que só pelo desejo de mudar nem se sabe o quê vota alternadamente em
candidatos como Collor e Maluf, e depois em Lula & companhia”; 2) “Ele pensa que é respeitado lá fora, mas não passa de uma curiosidade zoológica, como o mico-leão dourado. A esquerda romântica de lá acha lindo um operário do terceiro mundo ter virado presidente”.
O professor desfia um elenco de considerações recheadas de tanto rancor e tanto ódio que inevitavelmente nos leva a concluir ser ele pertencente a um velho grupamento político que outrora se denominava “direita raivosa”. Por que tanto ódio? Ao final a pessoa que me enviou o artigo, para piorar, diz que o biólogo “é um bom professor de Biologia, pois, mostrou que entende bem de moluscos, vermes e parasitas…”. O que se há de fazer?
Enquanto isso o presidente Lula prossegue sua caminhada (aliás, o artigo do professor tem como título Forrest Lula). Mas o barbudo não está nem aí para esse tipo de comentário. E quando toma conhecimento, reitera que é vitima do preconceito. Não deixo de dar razão ao sapo barbudo.
O que é real mesmo é que Lula, em que pese o ódio que suscita em meia dúzia de invejosos e recalcados, está cada dia mais na crista da onda. E parece inteiramente confiante no ditado árabe: “A caravana passa e os cães ladram”. Esse pessoal vai ficar mais enfurecido quando souber que a UNESCO (isso mesmo, o órgão da ONU que cuida da Educação, da análise da civilização e das pessoas que contribuem com formulações de procedimentos para um mundo melhor) vai conferir a ele [Lula] o prêmio que é uma espécie de pré-Nobel. Tudo em reconhecimento ao emprenho e desempenho do mandatário maior do Brasil. Há uns meses, conversando com um amigo, disse prá ele não estranhar se o barbudo ganhasse o prêmio Nobel da Paz daqui a um ou dois anos. Meu amigo arregalou os olhos e esboçou expressões faciais discordantes com o que acabara de ouvir. Ontem quando soubemos da noticia ele me ligou dizendo que ouvira a notícia sobre o prêmio da UNESCO e confessou acreditar que agora o Brasil vai receber o seu primeiro prêmio Nobel. Melhor ainda: O agraciado vai ser o Pau de Arara de Garanhuns (ou melhor, de Caetés). É mole ou queres mais? Isso vai deixar a paulicéia desvairada enfurecida.
Tem gente que nasceu com o cotovelo prá lua. Esse é o caso do Lula. O cara realmente é o cara! O presidente Obama, que não é otário, percebeu isso e com toda a espontaneidade assim se externou para todo o mundo ver e ouvir. Claro que meia dúzia dos “contra-Lula” insistem que aquilo foi sacanagem do presidente americano. Nós nem discutimos mais isso porque sabemos se tratar de repetição daquele velho diálogo entre o lobo e o cordeiro na fábula de La Fontaine. Deixa prá lá…
O que interessa é que o Brasil vai receber o Nobel da Paz (o primeiro de nossa História). Para a Academia de Ciências e Artes de Estocolmo bastam apenas mais umas duas entidades e uns três governos reiterarem formalmente a indicação - e isso está mais do que claro que será feito - e teremos finalmente o nosso Nobel. Como se dizia outrora no bilhar da Confeitaria Araci: É bola na caçapa!
Quem não gostar da notícia, sugiro tomar um banho frio, se livrar dos ódios que somatizou por causa dos preconceitos históricos disseminado pelo privilegiadíssimo patronato brasileiro e avaliar com isenção o que foi feito de positivo pelo Sr. Lula da Silva. Se fizer isto, estará livre para reconhecer o Barbudo como merecedor do Prêmio. Se não fizer, sofrerá as agruras de ser reconhecida como uma pessoa invejosa e alienada. Pior: continuará sofrendo dores de cotovelo, enxaqueca e osteoporose. E o Barbudo? Bem, o Barbudo estará brindando com a Rainha Sílvia e toda a elegante corte da Suécia. Dá-lhe Lula! Um abraço cordial e até a próxima.

Paulo Pires (*) ProfessorUnivesritário (UESB-FAINOR).

Exibições: 96

Comentário de Ednamay Cirilo Leite em 15 maio 2009 às 20:29
viva LULA
Comentário de Marise em 15 maio 2009 às 23:56
E eu fico com uma peninha do Farol de Alexandria.A esta hora ele deve estar urrando de raiva.kakakaka
E de-lhe Lulinha
Bjs
Comentário de Márcio Campos Torquato em 17 maio 2009 às 17:31
Olá Ednamay. Além do pessoal da "direita raivosa", tem também o pessoal da "direita confusa". A oposição atual está deixando uma parte de sua turma muito confusa. Talvez, algumas dessas pessoas acabe buscando outras direções e tomando um novo rumo. Vamos ver no que dá! Tiau, Márcio

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2021   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço