Lendo a coluna de O Globo, do articulista Merval Pereira, em dado momento ele diz que “Já aparecem relatos de que a Presidente (sic) Dilma estaria deprimida, e que teria até mesmo chorado recentemente, depressão atribuída...”.

            Em alguns momentos da investigação, normalmente o assinante da reportagem atribui a fontes, determinadas atuações e desenvolvimentos de ações nos governos, negócios, etc.

            O articulista, no entanto, junta cacos de coisas como o choro, sim, na apresentação da Comissão Nacional da Verdade, dificuldades em articular um ministério com a sua cara, em detrimento do seu partido, e uma decorrente depressão, para montar uma estrutura de artigo.

            Para ter conhecimento de tal depressão só haveria dois caminhos: informações passadas por funcionários do staff ou descortinando as janelas da alcova presidencial, no melhor sentido de José de Alencar, e descobrir a façanha.

            Claro também ao fato de que “ainda não é..., mas poderá vir a ser”, fato completamente aleatório, a depressão se consumará, e, possivelmente a presidenta se afogará no lago Paranoá ou no lago em frente ao Palácio da Alvorada, de endereço mais próximo.

            Esta “juntada” de fatos aleatórios, lembra a reportagem do Jornal da Globo, quando o assessor presidencial fazia toc tocs com as mãos, flagrado por um repórter escondido no mato, a declaração do representante das vítimas do acidente da TAM e a declaração de Pedro Simon, execrando os dois últimos o suposto desdém do primeiro. Quando no primeiro caso poderia se estar falando de política ou futebol, ou simplesmente de um amigo que se deu mal.

Nilson Lattari@Nlattari

Exibições: 126

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2021   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço