ÀS VEZES DÁ UMA VONTADE DE DESISTIR
ENTÃO A GENTE PARA, PÕE O SONHO DE LADO
E FICA POR AÍ PENSANDO E SOFRENDO.
MAS NÃO É POR MUITO TEMPO NÃO.
QUALQUER COISA DA ESTRADA:
PASSARINHO, FLOR, MONTANHA, NUVEM
ALGUÉM QUE NOS ACENOU SORRINDO,
ESPERANÇA À TOA QUE SEJA,
VIRA ROTEIRO DE VIAGEM.

PRECISA VER OS OLHOS BRILHANDO COM QUE PARTIMOS.
MOCHILA NAS COSTAS, CANTANDO COM O SOL E A SEDE,
PRAZER E CANSAÇO DE QUEM CAMINHA
SEMPE EM FRENTE,
EM DIREÇÃO DE ALGO MAIS ALÉM DE NÓS MESMOS,
DE NOSSOS DESEJOS, MEDOS E FRUSTRAÇÕES.

PORQUE É PARA LÁ QUE ESTAMOS INDO.
É SO PRÁ LÁ SABEMOS IR.

PASSOS DE UMA CAMINHADA, QUE NENHUM DE NÓS
SABE QUANDO COMEÇOU, NEM QUANDO TERMINARÁ.

Exibições: 95

Comentário de Sérgio Troncoso em 28 junho 2009 às 8:22
E que a caminhada ainda seja longa,rsrsrs. Boa poesia Maria Aparecida,bjs.
Comentário de Zé da China em 28 junho 2009 às 11:10

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2022   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço