David é uma das esculturas mais famosas do artista renascentista Michelangelo. O trabalho retrata o herói bíblico com realismo anatômico impressionante, sendo considerada uma das mais importantes obras do Renascimento e do próprio autor. A escultura encontra-se até hoje em Florença, na Itália, cidade que originalmente encomendou a obra.
Assim que ela foi colocada em seu pedestal, diante do Palazzo Vecchio (onde permaneceu até 1873), Piero Soderini, que admirava muito Michelangelo, disse-lhe que achava o nariz da estátua muito grande. Como o andaime ainda estava lá, o escultor imediatamente subiu por ele, levando o martelo e o formão, até acima do ombro da estátua.
Soderini acreditou que estava sendo atendido em sua sugestão. Michelangelo tivera o cuidado de esconder algum pó de mármore na palma da mão e, enquanto fingia reduzir o nariz da estátua, aos poucos ia soltando o pó. Concluído o "reparo", perguntou ao admirador o que achava do resultado.
Em resposta, Soderini exclamou:
- Estou muito satisfeito, você deu vida à estátua!


John Addington Symonds, The Life of Michelangelo Buonarroti, 1893

Exibições: 196

Comentário de Euripedes Ribeiro de Sousa em 1 abril 2012 às 0:28

Sempre me emociono com as fotos desta estátua e a outra, a do Moisés com os chifrinhos. Mas o sr. Soderini, tão preocupado com dimensões, devia ter notado a pequenez do pipiu. Como tal coisinha pode ter gerado tantos filhos? Será que Absalão e Salomão sairam mesmo dali? Faz-me lembrar da piada do japonês: "pequitito mas potente nom?"

Comentário de Paulo Gurgel Carlos da Silva em 1 abril 2012 às 21:02

É possível que Michelangelo tenha atendido a alguma sugestão de Soderini sobre o "pipiu" da estátua (daí a pequenez), mas não quanto ao tamanho do nariz.

Eurípedes e Valquiria, um bom domingo para ambos.

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2021   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço