O Som Desta Paixão Esgota A Seiva de Mario Faustino

O som desta paixão esgota a seiva
Que ferve ao pé do torso; abole o gesto
De amor que suscitava torre e gruta,
Espada e chaga à luz do olhar blasfemo;
O som desta paixão expulsa a cor
Dos lábios da alegria e corta o passo
Ao gamo da aventura que fugia;
O som desta paixão desmente o verbo
Mais santo e mais preciso e enxuga a lágrima
Ao rosto suicida, anula o riso;
O som desta paixão detém o sol,
O som desta paixão apaga a lua.
O som desta paixão acende o fogo
Eterno que roubei, que te ilumina
A face zombeteira e me arruína.

.

.

aqui o ator Juca de Oliveira interpreta O Som Desta Paixão Esgota A Seiva
http://www.bandnewsfm.com.br/audio/JUCA_2004.mp3

.

Fonte:Programa Devaneio – Radio Band News FM
http://bandnewsfm.band.com.br/colunista.asp?ID=146

.

.

.

Mário Faustino

Exibições: 221

Comentário de Laura Macedo em 22 abril 2010 às 1:20
Gilberto,
O Mário Faustino é muito querido, homenageado e cultivado pelos piauienses. Pena ele ter partido cedo.
Os artistas, em geral, quando partem e deixam uma obra que nos sensibiliza, ficamos com a sensação que ainda estão por aqui... Sinto isso em relação a vários artistas, a exemplo de Tom Jobim, Baden Powell, Drummond....e uma infinidade de poetas, compositores...
Adorei ver o link da minha querida Teresina :))
Beijos.
Comentário de Gilberto Cruvinel em 23 abril 2010 às 1:49
Oi Laura, querida,

Mario Faustino, desde que tomei conhecimento dele e sua brilhante passagem pelo Jornal do Brasil, se tornou meu ídolo no que toca à poesia. O cara era uma fera das letras, leu tudo, sabia tudo e dirigia um dos mais respeitados suplementos literários da época. E você sabe de uma coisa? relendo agora o poema dele, bati os olhos nos versos:

"O som desta paixão detém o sol,
O som desta paixão apaga a lua."

e imdediatamente me lembrei de outro poeta, W H Auden e seu Funeral Blues (poema que ficou famoso, pois foi citado no filme Quatro Casamentos e um Funeral). Neste belo poema, Auden chora a perda do amado e conclui:

" Agora as estrelas não são necessárias: apaguem-nas todas;
Emalem a lua e desmantelem o sol;
Despejem o oceano e varram o bosque;
Pois agora tudo é inútil. "

Agora veja, Auden não foi influência para Mario Faustino?
Eu tenho quase certeza.

Obrigado Laura pelo comentário.
Beijos

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2022   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço