Foi divulgada há pouco pesquisa Ibope encomendada pelo Estado/Globo. A pesquisa mostra vantagem da candidata Dilma Roussef. O Ibope mostrou resultado próximo à Vox Populi divulgada neste mês, e foi contra o resultado do Datafolha também dilvugado em Julho.

Abaixo gráficos das últimas pesquisas dos três institutos:


Ibope divulgada hoje, 30 de Julho


Dilma Roussef -39%

José Serra - 34%

Marina Silva - 7%



Datafolha divulgado em 24 de Julho:


José Serra - 37%

Dilma Roussef - 36%

Marina Silva - 7%



Vox Populi divulgado em 23 de Julho:


Dilma Roussef - 41%

José Serra - 33%

Marina Silva - 8%



Porque essa diferença entre Vox Populi/Ibope e Datafolha? Quando analisamos apenas Vox e Datafolha, é ainda mais gritante, com 7 pontos percentuais de diferença entre os dois institutos.

Uma das possíveis razões são as metodologias escolhidas por cada um dos institutos. Luis Nassif explicou em seu blog o funcionamento:


O Vox Populi (e os demais) analisam os dados do IBGE e montam uma amostra que reproduza o perfil do eleitorado brasileiro. Definem o percentual de pesquisas de acordo com idade, sexo, escolaridade, região etc.
Seus pesquisadores recebem ordens detalhadas: vá até a cidade tal, na rua tal, conte as casas até seis, entre na sexta e preencha o questionário. Depois, escolhe-se determinado número de questionários para fiscalizar se o pesquisador atuou corretamente. Em suma, é um modelo que busca repetir com precisão o universo populacional medido pelo IBGE e mantém estrito controle sobre a qualidade dos pesquisadores e dos questionários.

Por questão de economia e rapidez, o Datafolha optou pelo sistema de ponto de fluxo. Os pesquisadores vão às cidades a serem pesquisadas, escolhem os pontos de aglomeração que quiserem e pesquisam aleatoriamente. A metodologia do Datafolha pressupõe que, agindo aleatoriamente, se chegará ao perfil da população brasileira.

Pontos de aglomeração são metrôs, shoppings, estações rodoviárias, praças etc. Em geral, pessoas de menor renda, menor alfabetização, têm índices menores de sociabilidade. E acabam não freqüentando locais públicos.

Mais que isso: não pega a população rural. Segundo o Vox Populi, a população rural representa 16% do eleitorado. Nela, Dilma Roussef tem vencido por ampla margem, 50 a 25%. Só nesse universo, a diferença a favor de Dilma representa 4 pontos percentuais dentro do universo total de eleitores, que não são medidos pelo Datafolha.

Percebe-se que o Datafolha é o único que adota uma metodologia oposta à dos demais institutos, e consequentemente apresenta também o resultado divergente. Mas será que apenas a mudança de metodologia é responsável por tamanha discrepância? Dessa forma, a Procuradoria Geral Eleitoral determinou investigação da Policia Federal dos 4 institutos a pedido do Movimento dos Sem Mídia que está verificando.


Nos próximos dias será divulgada pesquisa do instituto Sensus, se levarmos em consideração seus últimos resultados, ele deve ser aproximar da Vox/Ibope. Assim, Datafolha ficaria isolado em comparação aos demais.


Resta esperar a conclusão da investigação da PF, mostrando se houve ou não fraude em um ou mais institutos ou se realmente o eleitorado brasileiro passa por esse "fenômeno", ao mostrar opiniões tão discrepantes de uma pesquisa para outra.


* Os gráficos foram retirados da página do Estadão (http://www.estadao.com.br/)



http://narodaviva.wordpress.com/2010/07/30/o-vai-e-vem-das-pesquisas/

Exibições: 62

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2021   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço