A necessidade de mudança profunda na matriz energética mundial para reduzir as emissões de gases do efeito estufa está sendo discutida pela Conferência Internacional sobre Biocombustíveis, que se realiza em São Paulo. É o que diz notícia de hoje (18/11) veiculada pela Coordenação de Imprensa do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Essa é a expectativa do especialista norte-americano em meio ambiente e presidente da organização não-governamental (ONG), Worldwatch Institute, Christopher Flavin. O especialista participou da discussão sobre a relação entre os biocombustíveis e a mudança de clima no planeta.

Ele disse o seguinte: “Esta é uma oportunidade fantástica para reinventar a agricultura, as técnicas de reflorestamento, criar uma nova indústria, novos empregos. O Brasil deve assumir, juntamente com a Índia e a China, um papel de liderança nesse processo”.

Flavin entende que “o Brasil já tem uma indústria forte em biocombustíveis e pode mostrar, com sua experiência, os caminhos para os países latino-americanos. Mas, tem condições também, de se tornar líder em outras fontes de energia renovável, como eólica e solar”.

Outro que também participa do evento, o ambientalista e fundador da organização SOS Mata Atlântica, Fábio Feldmann, disse que a crise financeira mundial é uma chance para, além de rever a “arquitetura da economia mundial, incluir na agenda mundial investimentos em energia renovável para que os países possam combater o aquecimento global”.

Exibições: 41

Comentário de Cida Medeiros em 19 novembro 2008 às 0:03
Hoje o Stédile, do MST, em entrevista ao Heródoto Barbeiro da CBN, disse que o correto seria agrocombustível e não biocombustível, pois este último refere-se à vida, quando na realidade o que ocorre é a produção de combustíveis por meio da agricultura: OS AGRO-COMBUSTIVEIS.pdf
Para saber mais ou pelo menos entender outras posições sobre o tema: http://www.direitos.org.br/index.php?option=com_content&task=view&id=2676&Itemid=2, http://pt-br.wordpress.com/tag/outra-amazonia/Relatorio_Amazonia.pdf

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2022   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço