Há mais ou menos dois meses venho tendo problemas com uma empresa de tv a cabo e internet, ja fiz por volta de 60 ligações, uma visita a loja de atendimento pessoal e duas idas ao PROCON e me sinto andando em circulo sempre voltando ao ponto inicial.

O que deveria ser a soluçao dos meus problemas foi:

  1. Atendentes despreparados e que nao exitam em desligar na sua cara.
  2. Atendentes despreparados que zombam de voce.
  3. Atendentes que passam informações totalmente diversas e contrarias sobre o mesmo assunto.
  4. Desrepeito total ao cliente e as leis que regem o relacionamento cliente / empresa.
  5. Empresa terceirizada de call center que nao pode responder pela empresa para qual trabalha.
  6. Empresa terceirizada de pagamentos que tambem nao responde pela empresa para a qual trabalha ( mas podem receber seu dinheiro e embolsar).
  7. Total falta de comunição interna.
  8. Descumprimento de acordos firmados em contrato pela empresa.
  9. Emissao de faturas que nem eles sabem explicar a que se refere.
  10. Cobrança de faturas ja pagas.
  11. Dialogos surreiais, alguns pareciam dialogos de filme do Monty Python.

Conclusão problema nao solucionado , estou indo a justiça para resolver.

Call centers contratam a salários horriveis pessoas que somente precisam de um emprego, desmotivadas e sem treinamento decente; são uma formalidade uma obrigação que determinadas empresas sao obrigadas a ter e que levam para o ralo o nome das mesmas.

Esta ai meu desabafo a beira de um ataque de nervos.

Exibições: 704

Comentário de Raissa Diniz em 29 dezembro 2010 às 11:40

INDEFECTÍVEL = Letras reais são números.
Num callcenter..eu que o diga...rs
E veja você que esse ambiente de trabalho é visto, aliás, quem tem
especialização pr'área deve ter especifidade em "recursos humanos",
mas pros "número-maior"(os que ganham mais por aparentemente fazer
menos, fui irônica, num.maior porque são os chefes, cobram mais aos que muito
mais que muito fazem). Enfim, eles não vêem o humano, eles vêem o
"maquinário humnano" necesário pra lhe render o lucro que sozinhos
eles não conseguiriam.¬¬ O chato é que ele nos cobram como se não precisassem
de nosso trabalho.
Recursos humanos nesse lugar é que não é muito realidade.
Assim eu digo, mas eu gosto de muitas pessoas que trabalham nessa mesma área
que eu tanto quanto eu detesto essa supervalorização que os chefões dão ao
dinheiro ao invés de se importarem mais com o planeta.

Uma coisa é coisa é certa: acredito na recíproca do Universo, positiva ou negativa. A justiça do Universo é infalível.

Abraço!

Comentário de Carla Simone em 29 dezembro 2010 às 22:57

Raissa

Recursos Humanos deveriam se chamar "recursos desumanos" tudo que se aprende na faculdade sobre o maior valor da empresa são seus funcionários é teoria somente.

Recursos Humanos antigo dp não é mais somente o departamento que admite e demite e sim o que :

Admite, suga e demite tudo isto floreado por pseudas motivações, gestões por competencias entre outras histórinhas.

 

Comentário de Raissa Diniz em 30 dezembro 2010 às 13:37

Sim, gostei de tua expressão "recursos desumanos...tudo isto floreado por pseudo-motivações".

O duro é que os empregados se conformam de "um jeito"! Existem Sindicatos, mas a maioria das pessoas tem pensamentos bem diferentes dos meus (que integro a minoria contrária a esse capitalismo que nos suga ao máximo), essa maioria não acredita que uma revolução resolveria. O pior de tudo é perceber isso: a descrença na possibilidade de mudança.

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2021   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço