Para quem reclamar da Telefonica e da Anatel?

Tento ligar para o 133, da Anatel, para reclamar de abuso de poder econômico da Telefonica. Quis mudar para o Ajato, que nem sei se é menos pior, mandei instalar e, quando fui cancelar o serviço do Speedy, fui advertida que não posso, estou presa a eles por uma tal "fidelidade" imposta, por mais seis meses. Tive de desativar o outro serviço, ou pagaria multa de R$ 299,00.
Argumentei que não assinei nada, e eles disseram que o contrato é via fone.
Sei que isso configura abuso do poder econômico, creio que deve ser anticonstitucional você ser obrigado a ficar preso a um serviço que não deseja mais.
Tento ligar para a Anatal e sequer dá sinal . Ligo para o atendimetno em SP, 2104-8800, pergunto por que o 133 não atende e passam de um para outro, no final ninguém responde mais.
Procedimento muito parecido ao da própria Telefônica. Alguem poderia me informar para que bispo eu devo reclamar?

Exibições: 150

Comentário de Zé da China em 29 junho 2009 às 18:57
Não tem solução, nenhuma solução.
Impunidade para os sacanas.
Lembra de uma história sobre conversão de linha econômica pra clássica? Desde fevereiro?
Nada resolvido. Don Juan Carlos Cabrón venceu pelo cansaço, falta de vontade de passar a vida se desgastando por um bando de canalhas engravatados, lixo humano herdeiros de Hernán Cortéz. Mil vezes Osama e bomba nos hijos de puta patrocinadores de balés, ao mesmo tempo exploradores de molecada catatônica ouvidora de bosta e faladores de bosta, com foninhos na orelha, cafetonas de serviços "extras" a cada vez que se pede o cumprimento de promessas.
TELEFONICA FILHA DA PUTA!!!!!!!!!!
Talvez seja reclamar com inglês e francês. Por mais bandidos que fossem, Almirante Nelson e Napoleão sabiam lidar com esses cabrones covardes mentirosos calhordas metidos a nobreza. Que morram todos.
Comentário de elizabeth em 29 junho 2009 às 21:38
Seu Zé, todo apoio: não tem como tratar esse tipo de monopolio arrogante, se não xingando. Isso não é nem capitalismo, né, porque, dizem, pressupõe conocorrência. Agora, para quem reclamar da Telefônica?
Comentário de joao carlos pompeu em 29 junho 2009 às 22:47
Nos dias 25 e 26 últimos eu liguei, falei e protocolei reclamação na Anatel 133 sem maiores problemas de comunicação. Tive muita aporrinhação em reclamar no Speedy/Telefônica. Depois que gerou protocolos no Speedy/Telefônica (tenho uma coleção deles, rsrs) eu liguei para Anatel com os números dos protocolos da Speedy/Telefônica que gerou mais protocolos na Anatel. Agora, aguardo respostas da Speedy e da Anatel. Uma é sobre a bolada indenizatória que vou receber pelos apagões do Speedy. Acho que vou ficar podre de rico... rsrs.
Você ainda tem recursos de optar por outros serviços banda larga. Aqui na roça é monopólio da Telefônica/Speedy. Vamos aguardar a concorrência da banda larga via rede elétrica...
Se a Telefônica é esse lixo que faz e desfaz na cara do cliente é porque a agencia reguladora é um fiasco regulatório na ponta cliente-assinante-otário. De fato, tamos num mato sem cachorro...
Comentário de Sérgio Troncoso em 30 junho 2009 às 0:10
A Anatel é cúmplice dessa palhaçada com o cliente,dizendo que êsses contratos de fidelidade tem valor. Telefônica,Anatel,SACs telefônicos que vão a ninguem,são uma das várias "heranças malditas" do governo do príncipe dos sociólogos. O problema é que os contratos de concessão dessa e outras quadrilhas de telecomunicação,estão vencendo agora e um tal sapão que nós colocamos lá não está dando sinais claros com fumaça escura. Deve ser o Sarney...
Comentário de elizabeth em 30 junho 2009 às 1:37
que coisa hein, minha gente. E Pompeu, soube que estão indenizando entre 17 e 50 centavos, viu?

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2020   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço