O cartunista Jaguar tinha a resposta na ponta da língua:
"Eu bebo porque é líquido, se fosse sólido eu comia."
Era a profissão de fé de Sérgio Jaguaribe, esse lendário frequentador dos botecos do Rio.

O álcool em pílulas
Divulgo, sob reserva de exatidão, uma notícia que vem da fria e distante Rússia. O professor russo Evgeny Vodkalev Moskalev, da Universidade Tecnológica de São Petersburgo, desenvolveu uma técnica que permite solidificar o álcool à temperatura ambiente. E já existe quem diga que, após pulverizado, poderá o álcool do russo ser vendido sob a forma de pílulas.
Ora, se isso vira realidade, ajustemos o nosso "desconfiômetro" a quem diz que parou de beber.

Exibições: 41

Comentário de Sérgio Troncoso em 15 fevereiro 2010 às 12:26
Paulo, o prazer de beber é um ritual que vai além do efeito alcoólico, este é apenas o píncaro do orgasmo socio-alcoólico, rsrsrs. São no mínimo dez mil anos de tradição para os que sabem ou podem curtir sem virar cachaceiros. Sendo assim tomar pílulas de álcool, seria reduzi-lo a um Lexotan qualquer, seria remédio a ser tomado solitariamente e para adiministrar doenças com culpas ocultas (ou não). Um abraço, Sérgio.
Comentário de Paulo Gurgel Carlos da Silva em 15 fevereiro 2010 às 21:43
Falou e disse, Sérgio.
Um abraço.
Paulo

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2021   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço