Programa financia pesquisa em eficiência energética

VIVIANE MAIA
Da Redação - ADV


Um importante reforço para pesquisas acadêmicas em eficiência energética foi entregue, este mês (abril), pelo Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica – Procel. Foram inaugurados quatro laboratórios em instituições públicas de ensino no estado de Minas Gerais, dois deles ligados ao Procel Prédios Públicos (Procel EPP) e os outros dois ao Procel Edifica e ao Procel Sanear, totalizando investimentos de 1 milhão de reais.

O Laboratório de Conforto Ambiental, ligado ao Procel Edifica, localizado na Escola de Arquitetura da UFMG, permitirá que os alunos dos cursos de Arquitetura e Engenharia aprendam técnicas para projetar prédios mais eficientes energeticamente. De acordo com a, professora Eleonora Assis, coordenadora do laboratório, através de uma série de atividades em conjunto com a Eletrobrás, o laboratório recebeu equipamentos para a medição de variáveis ambientais - que influenciam a eficiência energética dos edifícios - e novos softwares para a simulação de aspectos do conforto ambiental em edificações ligados à eficiência energética.

Para a docente, esse apoio foi fundamental para estruturar os programas do departamento, dentre eles, o de pós-graduação (stricto sensu). “Estas atividades proporcionam um significativo salto de qualidade para o laboratório, capacitando-o para atuar na melhor e mais atualizada formação dos profissionais das áreas de arquitetura, urbanismo e engenharia”, acrescenta.

Segundo cálculos do Procel, a economia de energia de uma construção usando as técnicas arquitetônicas de conservação de energia pode superar 50% do consumo, se comparada com uma edificação concebida sem uso delas.

O Laboratório de Eficiência Energética e Hidráulica em Saneamento, também na UFMG, será voltado para o ensino de técnicas e metodologias que objetivam o uso racional não só da energia elétrica, mas também dos recursos hídricos. Já os laboratórios dos cursos de Automação e Eletromagnetismo Aplicado e Controle de Processos, inaugurados respectivamente, na UFMG e no Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas (CEFET-MG) beneficiarão alunos de graduação, pós-graduação e pesquisadores de cursos como arquitetura e engenharias elétrica, civil, de produção e de automação.

O professor Anísio Rogério Braga, responsável pelo Laboratório de Eletromagnetismo, afirma que o projeto foi motivado pela necessidade de capacitar os laboratórios e de aliar conscientização energética com automação predial na formação dos alunos. “Ensinar essas técnicas aos alunos é importante porque os engenheiros que estamos formando agora serão os responsáveis, no futuro, pelos projetos de retrofiting - tecnologia que permite obter melhores níveis de rendimento por baixo custo”.

Demais Estados

Minas Gerais foi o quarto estado brasileiro a receber os laboratórios para pesquisas em eficiência energética. Os primeiros foram Pará, Paraíba e São Paulo e os próximos serão instalados no Paraná, Mato Grosso do Sul e Rio Grande do Sul.

Em 2005, o curso de Engenharia Elétrica da Universidade Federal do Pará (UFPA), que já desenvolvia pesquisas na área, foi o primeiro do país a inaugurar um laboratório financiado pelo programa. A Eletrobrás investiu mais de R$ 400 mil para torná-lo referência, em pesquisas sobre eficiência energética industrial, na região Norte.

Segundo a vice-chefe do Departamento de Engenharia Elétrica, professora Maria Emília Tostes, o laboratório já desenvolve pesquisas para:redução do consumo de energia elétrica no parque industrial paraense, diagnósticos energéticos e elaboração de sistemas motrizes industriais e de inteligência computacional para controle desses sistemas.

Aplicar os conhecimentos produzidos nos laboratórios pode ser rentável para a iniciativa privada, pois a estimativa é que 60% dos gastos industriais são com energia elétrica. Tostes espera alcançar grandes empreendedores industriais e conseguir boas parcerias, mas ressalta que a principal meta é conscientizar o parque industrial paraense das vantagens do investimento em eficiência energética.

Exibições: 62

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2021   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço