No pequeno Reino da Suazilândia, um país com cerca de 1,2 milhão de habitantes, os súditos devem garantir que não desonrarão a monarquia (é uma das poucas remanescentes no continente africano). E a regra vale também para as 13 mulheres do rei Mswati III, que, como divulgou o jornal britânico Daily Mail (em 03/08), parece não ter a mesma tolerância com a poligamia quando esta é praticada por uma de suas companheiras.
Mãe de dois filhos e 12ª esposa do rei, Nothando Dube (na foto com ele), de 22 anos, foi descoberta recentemente tendo um caso com Ndumiso Mamba, ministro da Justiça de Suazilândia.
A resposta do rei à atitude dos dois não demorou. Descobertos juntos, num hotel perto da capital Mbabane, os dois estão presos e podem ter destinos diferentes, mas igualmente obscuros.
Comentários
Imagino que os dois pombinhos terão destinos desiguais:
1) A esposa Dube, por ora em prisão domiciliar, será apenada com uma cesta básica. Uma pena que o rei polígamo, depois de ouvir o seu misericordioso harém, certamente abrandará para umas cem chibatadas em praça pública.
2) Quanto ao ministro da Justiça, deverá ter o destino que ostenta em seu sobrenome:Mamba. O que o impedirá de continuar no cargo para o qual fora escolhido por ser um amigo da onça pessoal de Mswati III.

Exibições: 42

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2021   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço