As libélulas gigantes da Terra antiga, com envergaduras de até 70 centímetros, têm suas dimensões atribuídas a altos níveis de oxigênio atmosférico na atmosfera da época. Recentes experiências, com libélulas criadas em atmosferas enriquecidas de oxigênio, confirmam que esses insetos crescem mais em situações de hiperóxia.

Vandenbrooks, JM, Atmospheric Oxygen and the Evolution of Insect Gigantism


Blog EntreMentes

Exibições: 43

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2021   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço