Reunião de acompanhamento avalia situação dos reservatórios do São Francisco.



Hidrelétrica de Xingó (AL)

ANA  - (AGÊNCIA NACIONAL DAS ÁGUAS)

Reunião de acompanhamento avalia situação dos reservatórios do São Francisco

29/4/2015

 

Dando continuidade à avaliação da situação dos reservatórios da bacia do rio São Francisco com a prática de defluências reduzidas, foi coordenada pela Agência Nacional de Águas - ANA, em 28 de abril de 2015, reunião que contou com a participação de representantes dos setores usuários e do poder público.

Na ocasião, o Operador Nacional do Sistema Elétrico – ONS, a Companhia Hidro Elétrica do São Francisco – CHESF e a Companhia Energética de Minas Gerais – CEMIG apresentaram informações acerca da situação hidrometeorológica e de armazenamento da bacia do rio São Francisco que indicam a necessidade de reduções adicionais das defluências de Sobradinho e Xingó com vistas à garantia de atendimento dos usos múltiplos da água.

Tendo em vista as condições desfavoráveis por qual passa a bacia do rio São Francisco, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis – IBAMA concedeu à CHESF a Autorização Especial N° 05/2015, para realizar testes de redução de vazão no rio São Francisco, a partir da usina de Sobradinho, até o limite de 900 m³/s.

Dentre as condicionantes que devem ser atendidas pela CHESF antes do início dos testes, destaca-se a necessidade de apresentação ao IBAMA, pela CHESF, de um Plano de Contingência contendo o planejamento de ações voltadas aos riscos que poderão ser incrementados devido à intensificação do regime de escassez hídrica.

Atualmente, conforme a Resolução ANA nº 206/2015, de 23/03/2015, está autorizada, até 30 de abril de 2015, a redução da descarga mínima defluente dos reservatórios de Sobradinho e Xingó de 1300m³/s para 1100m³/s. Para o período de carga leve (da 0h às 7h em dias úteis e sábados, e domingos e feriados durante todo o dia), o documento permite a redução das vazões para 1000m³/s.

A redução temporária da vazão mínima defluente dos reservatórios de Sobradinho e Xingó leva em consideração a importância dos reservatórios de Sobradinho, Itaparica (Luiz Gonzaga), Apolônio Sales (Moxotó), Complexo de Paulo Afonso e Xingó para o atendimento dos usos múltiplos da água na bacia. A vazão mínima defluente autorizada, em condições normais, nas UHEs Sobradinho e Xingó é de 1.300 m³/s, mas, devido às condições hidrológicas desfavoráveis na bacia, a ANA, desde abril de 2013, vem autorizando a redução da vazão mínima defluente em Sobradinho e Xingó. Participaram da reunião representantes da ANA, Chesf, ONS, Antaq, Annel, Ibama, ministérios dos Transportes, de Minas e Energia e da Integração, Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte, Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf), Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF), Instituto Mineiro de Gestão das Águas (Igam), Ministério Público Federal, Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos de Alagoas, Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) e Agência Executiva de Gestão das Águas e Saneamento de Alagoas (Aesa).

Fonte:

Página da ANA – AGENCIA NACIONAL DAS ÁGUAS.

UMA ANALOGIA CRÍTICA:

Em síntese, dizer que a necessidade de reduções de até o limite de 900 m³/s...Adicionais das defluências de Sobradinho e Xingó com vistas à garantia de atendimento dos usos múltiplos da água...Ao meu vê...Não tem sentido obvio...Pois, os usos múltiplos da água...Para água de beber, dessedentação animal, irrigação, piscicultura, entre outros usos...Entre Sobradinho até Penedo(AL) Foz do Rio São Francisco...Precisa do aumento do limite de 900 m³/s...E não ao ‘Contrário’...Ou seja, da necessidade de reduções adicionais das defluências de Sobradinho e Xingó com vistas à garantia de atendimento dos usos múltiplos da água.

Entretanto, o mais “Incongruente” de tudo isto... É querer comparar os “Desiguais (Sobradinho e Xingó)...Com a mesma igualdade...Pois, a Barragem de Sobradinho:

É o Reservatório Hidroelétrico...Que regula todas as Usinas Hidroelétricas a sua Jusante...Itaparica(Luiz Gonzaga), Apolônio Sales(Moxotó), Complexo de Paulo Afonso...Inclusive a Usina de Xingó

 

                                Hidrelétrica de Xingó (AL)

Pois, todas essas Usinas Hidroelétricas abordadas anteriormente... Exceto, naturalmente, a Barragem de Sobradinho... São mananciais em ‘Tese’...De “Fio D Água”...

Ou seja, recebem em “Série”...A defluência que vem da Barragem de Sobradinho...E jamais a Barragem de Xingó...Poderá possuir uma defluência igual a Barragem de Sobradinho...Como por exemplo, ‘Se’ Sobradinho...Tiver uma “Defluência”...De 1300m³/s...A Barragem de Xingó...Não poderá ter a mesma “Defluência”...De 1300m³/s...Pois, A Barragem de Xingó...É uma Barragem...De “Fio D Água”...E não uma “Barragem Reguladora”...Como Barragem de Sobradinho “É”...E Ponto Final.

 

Então, diante deste contexto abordado acima, é importante “Mitigar”...A atual situação sofrível do “Sistema CHESF”...E fazer um prognostico para o Biênio 2015 e 2016...Desde, ou melhor, a partir  da Usina Hidroelétrica de Três Marias(MG).

Como se sabe, que o processo de um sistema de geração de ‘Energia Hidroelétrico de modo geral... E de uma ‘Produção em Série’...De varias ‘Unidades Geradoras...De montante para jusante...Neste caso, especifico da CHESF...A unidade geradora mais a montante...É justamente, a Usina Hidroelétrica de Três Marias(MG)...E a mais a jusante...A Usina Hidroelétrica de Xingó...

E para se fazer um prognostico para o Biênio 2015 e 2016...Para o “Sistema CHESF”...Além desta premissa abordada anteriormente...É importante ‘Diagnosticar...A situação atual(30.04.2015, quinta feira)...Em volume útil(e seus respectivos percentuais), afluência e defluência...De todas as ‘Unidade Geradoras’ de Energia Hidroelétrica do Sistema CHESF... A partir da Usina Hidroelétrica de Três Marias (MG)...Passando pelos  reservatórios de Sobradinho, Itaparica (Luiz Gonzaga) e Xingó...

Diante disto, vamos a esse diagnostico... A partir da Usina Hidroelétrica de Três Marias (MG)...Passando pelos  reservatórios de Sobradinho, Itaparica (Luiz Gonzaga) e Xingó:

  

1 – USINA HIDROELETRICA DE TRÊS MARIAS.

      (Caracterização Técnica):   

      Três Marias fica na cabeceira do rio São Francisco e é o segundo maior da bacia, com uma capacidade de 19.528hm³(dezenove bilhões quinhentos e vinte oito milhões de  metros cúbicos de água), ficando atrás somente do reservatório de Sobradinho. A hidrelétrica é operada pela Cemig e tem uma potência instalada de 396MW...Com uma de 500m³/s...Que Agora final de abril de 2015...Está com uma vazão de somente de 80m³/s (http://www2.ana.gov.br/Paginas/imprensa/noticia.aspx?List=ccb75a86-bd5a-4853-8c76-cc46b7dc89a1&ID=12654).

      Entretanto, com um volume útil de somente 5.605.000.000m³(cinco bilhões, seiscentos e cinco milhões), que corresponde a 36.69%...E que possui também, um volume morto de 4.250.000.000m³, que corresponde a 21,76%.

É importante destacar, quando termina o ‘Período Chuvoso’...No Sudeste, que é justamente, no final de Abril...E o Reservatório de Três Marias, estar dentro desta área geográfica...A vazão volta a ser de 500m³/s...Para uma geração Hidroelétrica de 396MW...E atender com maior afluência para a barragem de sobradinho...Atender também, com vistas à garantia de atendimento dos usos múltiplos da água...Com por exemplo, o “Projeto Jaíba”, O Projeto Jaíba é um perímetro de irrigação fruto de uma parceria entre o Governo Federal e o Governo do Estado de Minas Gerais. Os dois níveis de governo são ali representados respectivamente pela CODEVASF e RURALMINAS. Outros órgãos das diversas esferas têm participado como parceiros do Projeto.      

Vazão Total Projeto

75 m³/s

Algumas considerações:

1 - Considerando quando a vazão de 500m³/s...Da Barragem de Três Marias, voltar a ser regulada...Agora em Maio ou Junho deste Ano-2015 em curso...Certamente, depois de 4,5(quatro e meio)meses...O seu volume útil de: 5.605.000.000m³(cinco bilhões, seiscentos e cinco milhões)...Se esgotará...Ou melhor, entrará em colapso para geração de energia hidroelétrica.

2 - Então, como explicar isto? É muito fácil, basta multiplicar(X) vazão de 500m³ , por 2.592.000s/m(dois milhões,  quinhentos e noventa e dois mil de segundos por mês=  1.296.000.000(X)4,5mês= 5.832.000.000m³...Em comparação o volume útil é de 5.605.000.000m³(cinco bilhões, seiscentos e cinco milhões.

   

 2 –  USINA HIDROELETRICA DE SOBRADINHO.

     (Caracterização Técnica):

     A Usina Hidrelétrica de Sobradinho está localizada nos municípios de Sobradinho e Casa Nova, estado da Bahia, a 40 km das cidades de Juazeiro (Bahia) e Petrolina (Pernambuco) e distante, aproximadamente 470 km do complexo hidroenergético dePaulo Afonso. A usina tem uma potência instalada de 1.050.000 kW (1.050 MW) e conta com 6 máquinas geradoras.1 A Usina está posicionada no rio São Francisco a 748 km de sua foz, possuindo, além da função de geração de energia elétrica, a de principal fonte de regularização dos recursos hídricos da região...Que possui uma capacidade máxima de 34.000.000.000m³.

Que Agora final de abril de 2015...Está com uma vazão de 1.112 m³/s...

Entretanto, com um volume útil de somente 6.281.000.000m³, que corresponde a 21,91%%...E que possui também, um volume morto de 5.448.000.000m³, que corresponde a 15,97%.

Já referente a Barragem de Sobradinho, apesar de localizada em plena sertão do Estado da Bahia – Região Nordeste, entretanto, a sua recarga de  afluência vem do Norte de Minas Gerias... Sobretudo da defluência de 500m³/s  da Barragem de Três Marias...E do noroeste da Bahia, também com influência da estação de chuvosa do Centro-oeste, que também terminou agora no final de Abril...

E  ‘Se” levarmos em consideração uma vazão de defluência de  1.112 m³/s...De Sobradinho...E com a afluência de 500m³/s  da Barragem de Três Marias... Menos(−)75 m³/s(projetoJaíba)=425m³/s...Então, 1.112 m³/s...Menos(−) 425m³/s=678 m³/s.

Então, 678 m³/s...Seria a vazão perda da Barragem Hidroelétrica de Sobradinho...E  esta vazão no decorrer de 1(hum) Mês...Seria de 678 X 2.592.000s/m =  1.757.376.000 X 3.5(meses)= 6.150.816.000 m³/s.

Entretanto, vazão de defluência de  Sobradinho, não poderá ser de somente de 1.112 m³/s de defluência...Pois, a sua jusante, existem ainda Itaparica (Luiz Gonzaga), Apolônio Sales (Moxotó), Complexo de Paulo Afonso e Xingó...E é justamente, a Barragem de Sobradinho, que ‘Regula”, essas hidroelétricas abordadas anteriormente, neste caso, é imprescindível, que a Barragem de Sobradinho, tenha pelo menos uma defluência de 1.300 m³/s...Menos()425m³/s , que recebe de Três Marias =875 m³/s. Sendo assim, Seria a vazão perda da Barragem Hidroelétrica de Sobradinho...E  esta vazão no decorrer de 1(hum) Mês...Seria de 875 X 2.592.000s/m = 2.268.000.000 X 3(meses)= 6.804.000.000 m³/s.

Assim sendo pelo visto, Barragem Hidroelétrica de Sobradinho, no transcorrer de 3(três)meses...Esgotará do o seu volume útil de 6.281.000.000m³...Mesmo recebendo o 425m³/s...Da  Barragem de Três Marias.

3  – USINA HIDROELETRICA DE LUIZ GONZACA(ITAPARIGA).

       (Caracterização Técnica):

      A Usina Hidrelétrica Luiz Gonzaga (antes conhecida como Usina Hidrelétrica de Itaparica... pertence a Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Eletrobras Chesf) e esta inserida na bacia hidrográfica do rio São Francisco...Com capacidade de gerar cerca de 1 milhão e 480 mil kW, o reservatório acumula quase 11 bilhões de m³ (metros cúbicos) ocupando área de 834Km².2 A formação do lago inundou áreas da Bahia e Pernambuco antes habitadas por 10 mil e 500 famílias que foram reassentadas em 3 cidades e um povoado, em projetos de irrigação que hoje contam com mais de 15.000 hectares em operação... Que possui uma capacidade máxima de 11.000.000.000m³.

Que Agora final de abril de 2015...Está com uma vazão de 1.248 m³/s...

Entretanto, com um volume útil de somente 832.000.000m³.

Que corresponde a 23,44%...E que possui também, um volume morto de 7.233.000.000m³, que corresponde a 67,08%.

3  – USINA HIDROELETRICA DE XINGÓ.

       (Caracterização Técnica):

      O aproveitamento hidrelétrico de Xingó está localizado entre os estados de Alagoas e Sergipe, situando-se a 12 km do município de Piranhas/AL e a 6 km do município de Canindé do São Francisco/SE.

 

A Usina de Xingó está instalada no São Francisco, principal rio da região nordestina, com área de drenagem de 609.386 km2 , bacia hidrográfica da ordem de 630.000 km2, com extensão de 3.200 km, desde sua nascente na Serra da Canastra em Minas Gerais, até sua foz em Piaçabuçu/AL e Brejo Grande/SE.

 

Está posicionada com relação ao São Francisco a cerca de 65 km à jusante do Complexo de Paulo Afonso, constituindo-se o seu reservatório, face as condições naturais de localização num canyon, numa fonte de turismo na região através da navegação no trecho entre Paulo Afonso e Xingó, além de prestar-se ao desenvolvimento de projetos de irrigação e ao abastecimento d'água para a cidade de Canindé/SE...Que possui uma capacidade máxima de 3.800.000.000m³...E volume morto de apenas 41.000.000m³...Por ser um manancial hidroelétrico “Fio D água”...Ou seja, em ‘Tese’...A mesma  água de Afluência(recarga)...Vaza por defluência(descarga)...E sua vazão média de defluência de de 1.850 m³/s...

Situa-se o vertedouro de superfície do tipo encosta com duas calhas e 12 comportas do tipo segmento com capacidade de descarga de 33.000 m3/s; na margem direita (SE) estão localizados os muros, tomada d'água, condutos forçados expostos, casa de força do tipo semi-abrigada, canal de restituição e diques de seção mista terra-enrocamento, totalizando o comprimento da crista em 3.623,00 m. A usina geradora é composta por 6 unidades com 527.000 kW de potência nominal unitária, totalizando 3.162.000 kW de potência instalada, havendo previsão para mais quatro unidades idênticas numa segunda etapa...Que Agora final de abril de 2015...Está com uma vazão de 1.086 m³/s...

Diante de tudo isto, abordado anteriormente em suma, após... ’Demonstrativo “Hidráulico-Hidrológico”...E alguns “Pressupostos”...Chega-se a uma seguinte conclusão:

Pela o andar da Carruagem... Anos-2013, 2014, 2015 e 2016...Seguidos de estiagens)...E pelo Efeito Dominó...Os Mananciais Hidroelétricos(Três Marias e Sobradinho)...Que são os ‘Reservatórios Cabeceiras(nascentes)...Do Sistema CHESF...Chegando ao um “Exaurimento” dos seus volumes uteis...Os mananciais(Itaparica (Luiz Gonzaga), Apolônio Sales (Moxotó), Complexo de Paulo Afonso e Xingó)... A suas ‘Jusantes’, entrarão num ‘Iminente Colapso’...Isto provavelmente não acontecerá, por que o Sistema elétrico brasileiro...É interligado...Como por exemplos, a Binacional ITAIPU...E a Usina de Tucuri(Eletronorte), mesmo sendo Usinas Hidroelétricas de ‘Foz’...Pois, defluem par o Mar(Oceano Atlântico)...Salvarão esta situação de um iminente colapso hidroelétrico...Neste ‘Biênio 2015, 2016’...E mesmo assim, já não entrou em um Colapso Hidroelétrico antes...Devido a mais de 3.500 Termelétricas...Espalhadas pelo Brasil afora(em todas as regiões)...Que vem ‘Socorrendo’...O sistema elétrico nacional...Se não já tinha entrado em Colapso...A custa de nós brasileiros...Pois, alguns meses atrás...Já custeamos a “Tarifa de Energia”...Na ‘Bandeira Vermelha’...E ponto Final.  

Do Escritor do Livro:

Água a Essência da Vida.

Pedro Severino de Sousa.

João Pessoa(PB), 02 de Maio de 2015.

 

Exibições: 508

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2021   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço