RUPTURA



Constrói-se no abismo do
Universo
O disfarce da besta
Ante a luta que se divisa.


É prato decomposto,
Espaço decomposto,
Mutilação ...
Vida.
Mutilação ...


Não há entraves
Entre
Roçzeiral,
Não há batalha
E no risco da poesia,
Não há beleza na sórdida
Pilhagem da pobreza
Por heróis sem caráter.


Buscam discussões metalinguísticas,
Buscam discussões profundas
De cultura,
Esquecem da superficialidade
Com que olham as verdades
Insanas que nos rodeiam.
Não podemos ser apenas
Amigos do rei,
Não podemos ...
Passárgada,
Não podemos ...
Nem cantar a mesma bela
Flor de Ipanema,
Tardes em Itapuã,
Não podemos.


Cuiú-Cuiú
Ipanema,
Cuiú-Cuiú
Itapuão,
Cuiú-Cuiú
Passárgada,
Cuiú-Cuiú
Bela Sevilha.


Saudações à pobreza,
Ao desengano,
Saudações às areias
Brancas das praias seminuas,
Saudações aos morros
Perfilados na miséria,
Saudações.
Saudações às praças-
Não à Plaza Nueva ou
À De La Cruz, -
Mas à da Sé. à da República,
À da Liberdade ... e tantas outras,
Abrigo de nosso mais profundo
Desamparo,
Saudações.
O coaxar do
Sapo deve permanecer
Como eco na memória,
Seja ele boi
Seja tanoeiro ou cururu.
Personalistas.
Não vêem além de suas
Línguas ávidas de engorda.
Só cantam seu canto
Só ouvem seu pranto.


Esqueçamos os sapos, as praias,
As tardes ... Sevilha,
Esqueçamos.
Esqueçamos o risco, o rabisco,
Esqueçamos os roçzeirais floriçdos
Ou nãço,
Pois existem muitas vagas nos poemas.
Omissão,
Esqueçamos.


Vamos nos lembrar
Do negro navio desonroso,
Juca Pirama,
Vamos nos lembrar do tórrido
Sertão,
De Fabiano, Sinhá Vitória ...
Chega de sapos.
Vamos nos lembrar com carinho
De Baleia,
Vamos emigrar com todos os Severinos,
Vamos olhar sinceramente
À nossa volta,
Vamos arraigar na lama
Descabida dos mangues,
Vamos soprar a mesma
Brisa dos morros,
Vamos borrifar serenos de
Carinho sobre as praças
Que são abrigos,
Vamos bradar contra o
Sapato de verniz
Insipiente, que nos
Prostam como ervas
Maledicentes,
Vamos tentar restaurar
A verdade esquecida,
Pois se amanhã será outro
Dia, a egocêntrica pedra é
Vã.

Exibições: 54

Os comentários estão fechados para esta mensagem de blog

Publicidade

© 2021   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço