UBUNTU na cultura Xhosa significa: "Eu sou porque nós somos"

 

Um antropólogo fez uma brincadeira com as crianças de uma tribo africana. Ele colocou um cesto cheio de frutas junto a uma árvore e disse para as crianças que o primeira que chegasse na árvore ganharia todas as frutas. Dado o sinal todas as crianças sairam ao mesmo tempo ... e de mãos dadas! Então sentaram-se juntas para aproveitar da recompensa. Quando o antropólogo perguntou porque eles haviam agido desta forma sabendo que um entre eles poderia ter todos os frutos para si, eles responderam: "Ubuntu, Como um de nós pode ser feliz se todos os outros estiverem tristes?" <br /><br />UBUNTU na cultura Xhosa significa: "Eu sou porque nós somos"

Um antropólogo fez uma brincadeira com as crianças de uma tribo africana. Ele colocou um cesto cheio de frutas junto a uma árvore e disse para as crianças que o primeira que chegasse na árvore ganharia todas as frutas. Dado o sinal todas as crianças sairam ao mesmo tempo ... e de mãos dadas! Então sentaram-se juntas para aproveitar da recompensa. Quando o antropólogo perguntou porque eles haviam agido desta forma sabendo que um entre eles poderia ter todos os frutos para si, eles responderam: "Ubuntu, Como um de nós pode ser feliz se todos os outros estiverem tristes?"

OBS: está na hora de revermos nossos conceitos de civilização, deixando o consumismo capitalista de lado e optando por uma visão socializada do mundo, caso contrário, nossos descendentes serão cada vez mais egoístas e desprovidos de senso de justiça e coletividade.

Exibições: 643

Comentário de Rogério Maestri em 21 fevereiro 2013 às 0:19

Outra conclusão:

As crianças africanas eram sábias e o antropólogo uma besta adepto da teoria dividir para governar.

Comentário de Clailton Kitter Ferreira em 21 fevereiro 2013 às 4:02

Brizolla (és parente do político Brizolla do RS?)

    Saiba que os índios não detém o cacuete de mandar os filhos. "Ora, pega meus chinelos. Filhos busca pão no armazém". Não, inexiste. A mínima, mais insignificante tarefa o índio adulto executa, não solicita porque é adulto. Poderia pagar a antropofagia de maria de Andrade é realizar uma Nação de verdade. Utopia, mas creio que daria um livro interessante - ficção. rs

    Mas adoram formigas. E aí, vai umas formigas? kk

Comentário de Bayardo Brizolla em 22 fevereiro 2013 às 16:51

A História fictícia acima narrada, não foi compartilhada com o intuito de fazer uma análise antropológica, mas sim para mostrar o quanto estamos longe de viver de forma harmoniosa e justa em sociedade, sem que precisemos em primeira instância, ambicionar materialmente  mais do que a necessidade coletiva e também de não nos acharmos mais intelectualizados do que qualquer um que seja, afinal o conhecimento advém também de experiências pontuais e não só de teorias, sejam antropológicas, sociológicas ou de qualquer outra metodologia de estudo.

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2021   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço