* A valsa ''Coração que sente'' foi dedicada a Gabriella Cruz, aluna dileta de Ernesto Nazareth.
O título deve-se à extrema emotividade de Gabriella, sobretudo quando tomou conhecimento, através à narração do Professor Nazareth, dos últimos momentos de vida de um seu sobrinho, morto prematuramente, na flor da idade, acometido de insidiosa moléstia, que o levou para sempre do mundo. Gabriella acompanhou as diversas fases de sua doença, quando Nazareth descrevia-lhe os sofrimentos do sobrinho. E, por ocasião do infausto acontecimento, Nazareth revelou-lhe os detalhes de suas últimas horas. Contou que o jovem pediu-lhe para dar um passeio, em vitória, pela cidade. Já dentro do carro, ansioso, presa de dispnéia, com olhar febril e os dedos gelados agarrados às bordas do veículo, contemplava os pontos onde antes se reunia a "jeunesse doré" da época: o Largo de São Francisco, a Politécnica, o Largo da Carioca e as bicas das lavadeiras, o Teatro Lírico, o Convento da Ajuda, o Passeio Público, os jardins... Sorria para tudo, para o mundo que se descortinava aos seus olhos, já quase distanciado da vida e dizia: " - Como tudo é belo, tio - parece uma das suas músicas: a mesma harmonia, a mesma sonoridade - e os acidentes, tão difíceis de transpor!... Muito verde, muita flor... é lindo!..." Gabriella chorou copiosamente a essa descrição. Dizia em prantos: " - Que pena! Tão jovem e belo, é injusto!" Nazareth sensibilizou-se: " - Você é muito sensível, Gabriella - é um coração que sente!" Na semana seguinte, dia de sua lição de piano a Gabriella, Ernesto Nazareth trouxe-lhe o manuscrito da valsa Coração que sente, a ela dedicada".

Compositor Brasileiro: Ernesto Nazareth (1863 - 1934)
Obra: Coração Que Sente
Piano: Fábio Caramuru
MUSICA BRASILIS: http://www.musicabrasilis.org.br/

** O Projeto
Musica Brasilis foi criado em 2009 por Rosana Lanzelotte para difundir repertórios brasileiros de todos os tempos. Além da disponibilidade de partituras em formato que possibilita a execução, o portal contem áudios, vídeos e recursos interativos para ampliar a fruição e o interesse pelos repertórios.
Com mais de 2000 acessos mensais, o portal vem se firmando como uma das principais fontes de acesso às obras de compositores brasileiros. Trata-se de uma das poucas iniciativas que disponibiliza as obras com partes separadas, de forma a possibilitar a execução.

*** Ernesto Júlio de Nazareth (Rio de Janeiro, 20 de março de 1863 — 1º de Fevereiro de 1934) foi um pianista e compositor brasileiro, considerado um dos grandes nomes do Tango Brasileiro, atualmente (desde a década de 20 do século XX) considerado um subgênero do choro.
Índice

Classificação:
  • Atualmente, 0/5 estrelas.

Exibições: 33

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2021   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço