Garotas boas de bico

Classificação:
  • Atualmente, 0/5 estrelas.

Exibições: 162

Favorito de 1 pessoa

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Comentário de Helô em 10 maio 2009 às 0:08
Também tenho o meu fiu-fiu.
Nossa, como gosto dele!

Há um menino
Há um moleque
Morando sempre no meu coração
Toda vez que o adulto balança
Ele vem pra me dar a mão

Há um passado no meu presente
Um sol bem quente lá no meu quintal
Toda vez que a bruxa me assombra
O menino me dá a mão

E me fala de coisas bonitas
Que eu acredito
Que não deixarão de existir
Amizade, palavra, respeito
Caráter, bondade alegria e amor

Pois não posso
Não devo
Não quero
Viver como toda essa gente
Insiste em viver
E não posso aceitar sossegado
Qualquer sacanagem ser coisa normal

Bola de meia, bola de gude
O solidário não quer solidão
Toda vez que a tristeza me alcança
O menino me dá a mão
Há um menino
Há um moleque
Morando sempre no meu coração
Toda vez que o adulto fraqueja
Ele vem pra me dar a mão

Comentário de Zé da China em 6 maio 2009 às 22:13
Claro que é, não viu escrito lá em cima, em japonês?
Mentira. Zé sabia não, tava louco pra saber.
Ia até perguntar pra Enciclopédia-Mineirobritânica.
Gracias.
Comentário de Helô em 6 maio 2009 às 21:06
"Bico de veludo"... tsc tsc tsc
Ainda tenho de aguentar um troço desses.
Mas adorei as fiufiuzetis.
A música é Trisch Trasch, de Strauss. :)

Comentário de Zé da China em 5 maio 2009 às 20:55
Zé-bico de veludo, PHD pela Universidade ao ar Livre de Katmandú, com especialização em trinados, arpejos, vibratos e assovio atonal com aplicação de indicador e mínimo.
Comentário de Marcia em 5 maio 2009 às 16:25
muito bom seu Zé......, que seria de nós sem seu bom humor...
Beijo.
Comentário de Marise em 5 maio 2009 às 14:39

Que menina linda... e como assobia. Agora entendi teus "fiu...fiu"
Bjs

Publicidade

© 2020   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço