Chico Buarque e Bruno Barreto, estão enfim quites. Nos anos 70, Chico Buarque fez a música ‘O que será’ para o filme ‘Dona Flor e seus dois maridos’, de Bruno Barreto; agora é a vez de o cineasta fazer um “filme” para a música do compositor. Aliás, dois. Pois Bruno Barreto dirigiu dois dos quatro episódios da microssérie "Amor em 4 Atos", que a TV Globo vai exibir nesta semana (de 11 a 14 de janeiro).
Bruno Barreto dirigiu os episódios inspirados nas canções "Folhetim" e "As vitrines"; Roberto Talma e Tande Bressane, com a canção "Mil perdões", e Tadeu Jungle, com as canções "Ela faz cinema" e "Construção", fizeram os outros dois episódios da microssérie. Em todos eles, as músicas de Chico estão presentes como história, tema, cenário, clima ou trilha sonora. Numa prova de que são inesgotáveis as possibilidades inspiradoras e narrativas de suas composições.
No ano passado, Chico Buarque teve dez de suas canções transformadas em contos, por dez autores diferentes (Luís Fernando Veríssimo, um deles). Resultaram na antologia ESSA HISTÓRIA ESTÁ DIFERENTE, publicada pela Companhia das Letras. Além disso, o seu último romance LEITE DERRAMADO foi sucesso de público e de crítica, conferindo ao autor o Prêmio Jabuti (pela terceira vez) e o Prêmio Portugal Telecom de Literatura.
E, na área cinematográfica, o cineasta Karim Aïnouz produz atualmente "Eclipse da Violeta", um longa-metragem baseado em sua canção "Olhos nos olhos" (neste vídeo).
OBS. - postagem com 5 links no blog EntreMentes. Paulo Gurgel

Classificação:
  • Atualmente, 0/5 estrelas.

Exibições: 21

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço