Juiz embriagado atropela e mata um motoqueiro em Fortaleza

De: dialplus | Criado em: 04/04/2011
Jornal Globo News dia 04 de Abril de 2011 às 19h14, TV Rede Globo do Brasil.

Data: 4 de Abril de 2011 às 03h25.
Local: Avenida Washington Soares 1141, Fortaleza, CE, Brasil.
(Em frente ao Centro de Convenções Patriolino Ribeiro)
Mapa: http://maps.google.com.br/maps?f=q&source=s_q&hl=pt-br&geocode=&a...
Motorista: Aristófanes Vieira Agostinho Júnior, de 46 anos, juiz.
Vítima: Henrique Maria da Silva, de 23 anos, motoqueiro.

Juiz é acusado de atropelar e matar motociclista na Washington Soares

O Tribunal de Justiça do Ceará divulgou uma nota, lamentando o incidente.

Por: Márcio Dornelles:

Um final de semana violento para o trânsito cearense. No interior, vários acidentes aconteceram em CE's e BR's, causando a morte de, pelo menos, cinco pessoas. Em Fortaleza, a segunda-feira (4) também começou com um acidente grave: um juiz é acusado de atropelar e matar um motociclista na avenida Washington Soares.

Segundo a Polícia Rodoviária Estadual, Aristófanes Vieira Coutinho Junior, de 46 anos, teria atropelado Henrique Maria da Silva, de 23 anos. Eles trafegavam no mesmo sentido. O veículo de duas rodas foi arrastado por cerca de um quilômetro. Henrique não resistiu aos ferimentos. O magistrado não se recusou a fazer o teste do bafômetro.

"O motorista ficou no local e fez o teste de bafômetro, que constatou que ele havia consumido bebidas alcoólicas. Ele teve então a carteira de habilitação apreendida, foi multado, mas não foi autuado em flagrante por sua condição de juiz", disse o comandante da PRE, tenente-coronel Túlio Studart.

TRIBUNAL DE JUSTIÇA:

O Tribunal de Justiça do Ceará se manifestou oficialmente, na manhã desta segunda-feira (4), sobre o acidente envolvendo o juiz de Direito Aristófanes Vieira Coutinho Junior, acusado de atropelar e matar Henrique da Silva de Maria.

"O Tribunal de Justiça do Ceará lamenta o triste episódio envolvendo o juiz de Direito Aristófanes Vieira Coutinho Junior, que na madrugada desta segunda-feira (04/04) se envolveu em acidente de trânsito, que vitimou Henrique da Silva de Maria.

O magistrado se apresentou nesta manhã ao presidente do Tribunal, desembargador José Arísio Lopes da Costa, que está adotando providências visando à instauração dos procedimentos legais cabíveis."

Classificação:
  • Atualmente, 0/5 estrelas.

Exibições: 372

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Comentário de Fernando Augusto Botelho - RJ em 4 abril 2011 às 23:41

Juiz é acusado de dirigir bêbado e matar motociclista

 

Tribunal de Justiça do Ceará afirma que tomará providências



 

Em Fortaleza, um acidente registrado nesta segunda-feira acusa um juiz de atropelar e matar um motociclista. Segundo a Polícia Rodoviária Estadual, Aristófanes Vieira Coutinho Junior, de 46 anos, teria atropelado Henrique Maria da Silva, de 23 anos. Eles trafegavam no mesmo sentido. A moto foi arrastada por cerca de um quilômetro. Henrique não resistiu aos ferimentos. O magistrado não se recusou a fazer o teste do bafômetro.

“O motorista ficou no local e fez o teste de bafômetro, que constatou que ele havia consumido bebidas alcoólicas. Ele teve então a carteira de habilitação apreendida, foi multado, mas não foi autuado em flagrante por sua condição de juiz”, disse o comandante da PRE, tenente-coronel Túlio Studart.

O Tribunal de Justiça do Ceará se manifestou oficialmente, na manhã desta segunda-feira (4), sobre o acidente:

"O Tribunal de Justiça do Ceará lamenta o triste episódio envolvendo o juiz de Direito Aristófanes Vieira Coutinho Junior, que na madrugada desta segunda-feira (04/04) se envolveu em acidente de trânsito, que vitimou Henrique da Silva de Maria.

O magistrado se apresentou nesta manhã ao presidente do Tribunal, desembargador José Arísio Lopes da Costa, que está adotando providências visando à instauração dos procedimentos legais cabíveis."


Publicidade

© 2020   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço