Obra: Não Fales, Por Favor - Camargo Guarnieri
Intérprete: Lia Salgado
Piano: Camargo Guarnieri

'' Não fales, por favor
Não posso ouvir-te agora
Perdoa, meu amor
Não fales, pois parece
Que alguém anda lá fora
O silêncio é uma prece
Tua voz, um tremor
Minh'alma não te esquece
Não fales, por favor ''

* Poema de Suzana de Campos.

** Lia Salgado
Nascida no Rio de Janeiro, Lia estreou na cena lírica no ano de 1947, nas comemorações do Cinquentenário de Belo Horizonte, com "Cavalleria Rusticana". Em 1949, apresentou-se no Teatro Municipal do Rio de Janeiro, interpretando "La Bohème", e desde então participou de todas as temporadas até 1972, em inúmeras óperas. Cantou ao lado de celebridades como Mario Del Monaco, FerruccioTagliavini, Siminato, Boris Christoff, Guelfi, Italo Tajo, Rossi Lemeni, Georgi Mellis, Gottlieb, Tadei e Damiano.
Lia Salgado especializou-se em música erudita brasileira e dedicou-se à sua difusão no exterior. Gravou 10 LPs de música brasileira, incluindo a primeira gravação de música colonial mineira, "Missa em Fá", de Lobo de Mesquita. Apresentou-se com êxito em palcos da Itália, França, Espanha, Portugal, Inglaterra, Argentina e Estados Unidos. Lia era esposa do médico e político mineiro Clóvis Salgado, cujo acervo também foi doado ao MHAB.


*** Mozart Camargo Guarnieri, ou simplesmente Camargo Guarnieri (Tietê, 1 de fevereiro de 1907 — São Paulo, 13 de janeiro de 1993) foi um compositor e regente brasileiro.
Seu pai era um imigrante italiano e sua mãe vinha de uma tradicional família paulista. O pai, Miguel Guarnieri, era barbeiro e músico, e tocava flauta. A mãe, Gécia Camargo, tocava piano. O pequeno Mozart aprendeu música em casa.
Teve aulas de piano a partir dos dez anos de idade com Virgínio Dias. Para este professor dedicou sua primeira composição, a valsa Sonho de artista (1918). A obra foi desdenhada pelo professor, mas seu pai julgou que a obra era fruto de promissor talento, pagando sua publicação em 1920.
Em 1923, Miguel Guarnieri decidiu mudar-se com a família para São Paulo a fim de proporcionar melhores condições de estudo da música ao filho. Sendo uma família de poucos recursos financeiros, Guarnieri trabalhou junto com o pai na barbearia e trabalhou como pianista. Até 1925 manteve vários empregos, tocando em cinemas, lojas de partitura e casas de baile da cidade. Estudou piano com Ernani Braga...
A obra musical de Camargo Guarnieri é formada por mais de 700 obras e é provavelmente o segundo compositor brasileiro mais executado no mundo, superado apenas por Villa-Lobos. Pouco antes de sua morte recebeu o prêmio "Gabriela Mistral", sob o título de "maior compositor das Américas".

Classificação:
  • Atualmente, 0/5 estrelas.

Exibições: 34

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2022   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço